Juscelino Kubitschek

político brasileiro, 21° presidente do Brasil
(Redirecionado de JK)

Juscelino Kubitschek (?) foi um político brasileiro, ex-presidente do Brasil.

Juscelino Kubitschek
Juscelino Kubitschek
De Juscelino Kubitschek (1956).
Nascimento 12 de setembro de 1902
Diamantina
Morte 22 de agosto de 1976 (73 anos)
Resende
Sepultamento Memorial JK
Cidadania Brasil
Progenitores
  • Júlia Kubitschek
Cônjuge Sarah Kubitschek
Filho(a)(s) Maria Estela Kubitschek, Márcia Kubitschek
Alma mater
  • Universidade Federal de Minas Gerais
Ocupação médico, político
Prêmios
  • Colar da Ordem de Isabel a Católica (1958)
  • Ordem de Tomáš Garrigue Masaryk, 1.ª classe
  • Grand Cross of the Order of the Southern Cross
  • Ordem de Rio Branco
  • Ordem do Mérito Naval
  • Order of Boyacá
  • Grã-Cruz da Banda das Três Ordens
  • Grã-Cruz da Ordem Militar da Torre e Espada
  • Grã-Cruz da Ordem do Infante Dom Henrique
  • Order of Manuel Amador Guerrero
  • Ordem da Águia Asteca
  • Classe especial da Grã-Cruz da Ordem do Mérito da República Federal da Alemanha (1956)
  • Cavaleiro da Grã-Cruz com colar da Ordem do Mérito da República Italiana
  • Grande-Colar da Ordem do Infante Dom Henrique
  • Honorary Knight Grand Cross of the Order of the British Empire
Religião Igreja Católica
Causa da morte acidente rodoviário
Assinatura

Verificadas

editar
  • "Deste Planalto Central, desta solidão que em breve se transformará em cérebro das mais altas decisões nacionais, lanço os olhos mais uma vez sobre o amanhã o do meu país e antevejo esta alvorada, com fé inquebrantável e uma confiança sem limites no seu grande destino."
- Juscelino Kubitschek, 2 de outubro 1956, letras de Augusto Frederico Schmidt
  • "Industrializar aceleradamente o país; transferir do exterior para nosso território as bases do desenvolvimento autônomo; fazer da indústria manufatureira o centro dinâmico das atividades econômicas nacionais - isso resumiria o meu propósito, a minha opção."
- Juscelino, citado em MAYRINK, Geraldo. Juscelino. in: Grandes Líderes - Nova Cultural
  • "Durante a Copa do Mundo na Suécia, substituí vários ministros e não houve uma única palavra a respeito nos jornais. Estou pensando em fazer novas mudanças em futuro próximo. Qual é a data da próxima Copa do Mundo?"
- Juscelino Kubitschek, em telefonema para João Havelange em 1958, depois da Copa do Mundo que deu o título inédito de Campeão Mundial ao Brasil. Fonte: MAURÍCIO, Ivan. 90 minutos de sabedoria: a filosofia do futebol em frases inesquecíveis. Rio de Janeiro: Editora Garamond, 2002. 131 p. ISBN 85-86435-71-6
  • "Qual deles, Balbino? O vegetal ou o animal?"
- Respondendo ao então governador da Bahia Antônio Balbino, que perguntou a Juscelino, durante a campanha eleitoral à Presidência, qual era a sua posição a respeito de "Café". A resposta foi uma clara ironia, referindo-se ao ex-presidente Café Filho. Fonte: NERY, Sebastião. Folclore político: 1950 histórias. São Paulo: Editora Geração Editorial, 2002. 651 p. ISBN 8575090615 (Link: Folclore político: 1950 histórias)
  • "Ora, Etelvino (ex-governador de Pernambuco), candidato não faz união. Candidato disputa. Quem faz união é governo, depois de empossado."
- Fonte: NERY, Sebastião. Folclore político: 1950 histórias. São Paulo: Editora Geração Editorial, 2002. 651 p. ISBN 8575090615 (Link: Folclore político: 1950 histórias)
  • "A qualidade mestra de JK era a tolerância, a compreensão, o respeito à inteligência. Que a sua morte sirva para restabelecer essas virtudes no Brasil".
- Carlos Lacerda sobre Juscelino Kubitschek; citado em "Folclore político: 1950 histórias" - Página 17, Sebastião Nery - Geração Editorial, 2002, ISBN 8575090615, 9788575090619 - 651 páginas
  • "Ele soube exprimir as grandes aspirações nacionais. Foi ele quem transformou o desenvolvimento econômico na grande aspiração nacional."
- Severo Fagundes Gomes sobre Juscelino Kubitschek; citado em "Folclore político: 1950 histórias" - Página 17, Sebastião Nery - Geração Editorial, 2002, ISBN 8575090615, 9788575090619 - 651 páginas
  • "Exerceu o governo com o Congresso funcionando normalmente e os tribunais intocáveis."
- Paulo Brossard sobre Juscelino Kubitschek; citado em "Folclore político: 1950 histórias" - Página 17, Sebastião Nery - Geração Editorial, 2002, ISBN 8575090615, 9788575090619 - 651 páginas
  • "JK ainda poderia prestar, em vários campos, os melhores serviços ao Brasil."
- Cordeiro de Farias sobre Juscelino Kubitschek; citado em "Folclore político: 1950 histórias" - Página 18, Sebastião Nery - Geração Editorial, 2002, ISBN 8575090615, 9788575090619 - 651 páginas
  • "Ele foi o homem a quem mais deve o Brasil, pois iniciou e concluiu as obras mais importantes do país moderno."
- Odílio Denys sobre Juscelino Kubitschek; como citado em "Folclore político: 1950 histórias" - Página 18, Sebastião Nery - Geração Editorial, 2002, ISBN 8575090615, 9788575090619 - 651 páginas