Internacionalismo

O internacionalismo é um princípio político que advoga uma maior cooperação política e econômica entre as nações e os povos. Suas raízes encontram-se tanto no socialismo como no liberalismo.


  • “O internacionalismofascista ou soviético — não passa de um nacionalismo ampliado planetariamente.”
- Félix Duque, Los buenos europeos: Hacia una filosofía de la Europa contemporánea, 2ª edición actualizada y revisada, Ediciones Nobel, Oviedo: 2003.
  • “O nacionalismo tem maior alcance do que o internacionalismo. Vê as coisas como elas são. Apenas quem respeita a si mesmo pode respeitar os outros. Se na qualidade de um nacionalista alemão eu afirmo a Alemanha, como posso defendê-la de um nacionalista francês que afirma a França? Somente quando essas afirmações conflitam de modo visceral haverá um conflito político de poder. O internacionalismo não pode desfazer essa realidade. Os seus esforços de prova falham completamente.”
- Joseph Goebbels in: “Die verfluchten Hakenkreuzler. Etwas zum Nachdenken”. Munich: Verlag Frz. Eher, 1932.
- Traduzido a partir da tradução inglesa Those Damned Nazis (Esses Malditos Nazistas) disponibilizada no German Propaganda Archive (Arquivo da Propaganda Alemã) da Calvin University
  • “Os judeus se apossaram do capitalismo e sabem bem como jogar o ‘internacionalismo’ contra os povos na luta pelo estabelecimento de seu poder. O internacionalismo anularia a importância individual dos povos e teria como meta a escravização do trabalhador no mundo inteiro. Só existiria uma saída para evitar esse destino: a união de todos os trabalhadores alemães com base no nacionalismo para instituir um regime socialista. O objetivo é a criação de um partido dos trabalhadores poderoso, nacionalista, socialista e alemão.”
- Longerich, Peter. “Heinrich Himmler: Uma Biografia”. p. 102
- We must take from the right nationalism without capitalism and from the left socialism without internationalism.
- Gregor Strasser citado em Wars, Revolutions, Dictatorships, por Stanislav Andreski — History — 1992. ISBN 9780714634524
  • "Somos, em tudo, destruidores — e buscamos mesmo nos instrumentos de destruição alívio. O próprio socialismo e internacionalismo através dos quais nosso espírito sufocado busca se expressar, que parecem ameaçar seu modo de vida, são estranhos às demandas e necessidades de nosso espírito. Seus socialistas e internacionalistas não são sérios. O encanto desses movimentos, a atração, tal como é, que exercem, está apenas em sua luta: é a luta que atrai seus radicais gentios".
- In everything we are destroyers – even in the instruments of destruction to which we turn for relief. The very socialism and internationalism through which our choked spirit seeks utterance, which seem to threaten your way of life, are alien to our spirit's demands and needs. Your socialists and internationalist are not serious. The charm of these movements, the attraction, such as it is, which they exercise, is only in their struggle: it is the fight which draws your gentile radicals.
- Maurice Samuel in You Gentiles, pp. 152-153


Ver tambémEditar

A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Internacionalismo.
O Wikcionário possui o verbete: internacionalismo