Esforço

Wikcionário lusófono
O Wikcionário possui o verbete: esforço


Esforço é um aumento deliberado (e meticuloso) da atividade normal para atingir uma meta definida.



  • "O homem é, por natureza, a criatura mais inteligente , mais forte e mais feliz, mas faz todos os esforços para se tornar a mais tola, a mais fraca e a mais infeliz".
- Der Mensch ist von Natur aus das klügste, stärkste und glücklichste Geschöpf, aber er macht alle Anstrengungen, das törichste, schwächste und unglücklichste zu werden
- George Ohsawa, revista DAS GROSSE LEBEN, Verlag Ost - West - Bund, nº 28/4, Völklingen 1994, ISSN 0932 - 2981, p.19.
  • "Não acho que exista algo realmente valioso que possa ser alcançado com esforço".
- Ich glaube nicht, daß es irgend etwas wirklich Wertvolles gibt, das man mit Anstrengung erreichen kann.
- Jorge Bucay, "Komm, ich erzähl die eine Geschichte" (Vamos, eu conto a história), Fischer Taschenbuch Verlag, página 47, ISBN 978-3-596-17092-0
  • “Depois, nunca mais se falou desse assunto entre mim e Augusta porque o casamento é coisa bem mais simples que o noivado. Uma vez casados não se discute mais sobre o amor e, quando se sente a necessidade de falar disso, a animalidade logo intervém para refazer o silêncio. Às vezes essa animalidade torna-se tão humana que complica e falsifica as coisas, ocorrendo que, ao se inclinar sobre uma cabeleira feminina, se faça o esforço por evocar uma luz que não existe nela. Fecham-se os olhos e a mulher se transforma em outra, para, passado o amor, voltar de novo a ser ela. A ela dedicamos nossa gratidão, que é ainda maior se o esforço resultou bem-sucedido.”
- Italo Svevo in: A consciência de Zeno
  • "O animal humano, igual a todos os demais, está adaptado a um certo grau de luta pela vida e, quando sua grande riqueza permite a um Homo sapiens satisfazer sem esforço todos os seus caprichos, a simples ausência de esforço retira de sua vida um ingrediente imprescindível à felicidade."
- Bertrand Russell in: Capítulo 2: Infelicidade byroniana - Coleção Saraiva de Bolso, página 25.
  • "O poema é um processo de exploração, um esforço para atingir o círculo que é o seu foco, e retornar ao ponto de partida com uma maior compreensão do mesmo"
- the poem, which is a process of exploration, an effort to circle the object which is its focus, and return to the starting point with a fuller comprehension of it
- T. S. Eliot citado em "T. S. Eliot: poems in the making"‎ - Página 185, Gertrude Patterson - Manchester University Press, 1971, ISBN 038904086X, 9780389040866 - 198 páginas
  • "O amor é mestre, mas é preciso saber adquirí-lo, porque se adquire dificilmente, ao preço de um esforço prolongado; é preciso amar, de fato, não por um instante, mas até o fim."
- Fiódor Dostoiévski in: Os Irmãos Karamazóv
- Pensamentos para uma vida feliz - Página 97, Leo Tolstoy, tradução de Barbara Heliodora, Prestígio Editorial, ISBN 8599170252, 9788599170250, 224 páginas
  • "Coisas que não custam nada são as mais caras. Elas nos custam o esforço de entender por que são de graça."
- Cesare Pavese citado em "Frases Geniais" - Página 402, de Paulo Buchsbaum, Jaguar - Ediouro Publicações, 2004, ISBN 8500015330, 9788500015335 - 440 páginas
- No fine work can be done without concentration and self-sacrifice and toil and doubt.
- "And even now, and A Christmas garland‎" - Página 64, Parte 68 de Dutton everyman paperback, Autor Sir Max Beerbohm, Editora Dutton, 1960, 275 páginas
  • "Não nascemos com mapas. Temos de desenhá-los, e esse desenho requer esforço. Quanto mais esforço fizermos para apreciar e perceber a realidade, maiores e mais detalhados serão nosso mapas. Mas muitos não querem fazer esse esforço. Seus mapas são pequenos e incompletos, suas visões do mundo, estreitas e ilusórias".
- M. Scott Peck citado em "Produção de Monografia - Da Teoria à Prática - Página 37, Linda G. Reis - Senac, 2006. ISBN 8598694177, 9788598694177, 115 páginas
  • "A felicidade não está em possuir mais dinheiro, mas na alegria de conseguir o almejado, na excitação do esforço criativo."
- Happiness lies not in the mere possession of money; it lies in the joy of achievement, in the thrill of creative effort.
- Franklin D. Roosevelt in: discurso de posse (4 de Março de 1933)
- I am trying to make what is most divine in me rise back up to what is divine in the universe
- Plotino citado em "Plotinus, or, The simplicity of vision‎" - Página 45, Pierre Hadot - University of Chicago Press, 1998, ISBN 0226311945, 9780226311944 - 145 páginas