Escola sofística

tipo específico de Professor na Grécia Antiga e no Império Romano
(Redirecionado de Sofistas)
Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Escola sofística.

Sofistas se compunham de grupos de pensadores na Grécia Antiga que viajavam de cidade em cidade realizando discursos públicos para atrair estudantes, de quem cobravam taxas para oferecer-lhes educação.



  • Quem não filosofa por causa da filosofia, mas precisa da filosofia como meio, é sofista.
- Wer nicht um der Philosophie willen philosophiert, sondern die Philosophie als Mittel braucht, ist ein Sophist.
- Friedrich Schlegel fragmente - Página 152, Volume 2 de Erzieher zu deutscher bildung, Friedrich von Schlegel - E. Diederichs, 1904 - 180 páginas
  • É o que um homem pensou diretamente por si mesmo que, por si só, tem verdadeiro valor. Os pensadores podem ser classificados da seguinte forma: aqueles que, em primeiro lugar, pensam por si mesmos e aqueles que pensam diretamente nos outros. Os pensadores são genuínos, pensam por si mesmos nos dois sentidos da palavra; eles são os verdadeiros filósofos; somente eles são sinceros. Além disso, o prazer e a felicidade de sua existência consistem em pensar. Os outros são os sofistas; eles desejam parecer e buscar sua felicidade no que esperam obter de outras pessoas; sua seriedade consiste nisso.
- It is what a man has thought out directly for himself that alone has true value. Thinkers may be classed as follows: those who, in the first place, think for themselves, and those who think directly for others. The former thinkers are the genuine, they think for themselves in both senses of the word; they are the true philosophers; they alone are in earnest. Moreover, the enjoyment and happiness of their existence consist in thinking. The others are the sophists; they wish to seem, and seek their happiness in what they hope to get from other people; their earnestness consists in this.
- Arthur Schopenhauer citado in: Types of Great Literature - Página 462, Percy Hazen Houston - Doubleday, Page, 1919 - 542 páginas