Proclo em outros projetos:

Proclo Lício, Proclus Lycaeus (Constantinopla, 8 de fevereiro de 41217 de abril de 485),[1] chamado de Proclo Diádoco ("Sucessor"; em grego: Πρόκλος ὁ Διάδοχος, transliteração Próklos ho Diádokhos), foi um filósofo neoplatônico grego do século V.



  • "O matemático especula as causas de um certo efeito sensível, sem considerar sua existência real; pois a contemplação de universais exclui o conhecimento de particulares; e aquele cujo olhar intelectual está fixo naquilo que é geral e abrangente, pouco pensará naquilo que é sensível e singular."
- The mathematician speculates the causes of a certain sensible effect, without considering its actual existence; for the contemplation of universals excludes the knowledge of particulars; and he whose intellectual eye is fixed on that which is general and comprehensive, will think but little of that which is sensible and singular.
- The philosophical and mathematical commentaries of Proclus on the first book of Euclid's Elements: To which are added a History of the restoration of Platonic theology by the latter Platonists, and a translation from the Greek of Proclus's Theological elements, Volume 1, página LXVII, Proclus, ‎Marinus - 1792

Referências

  1. Alain de Libera. Filosofia medieval (A). Edicoes Loyola; ISBN 978-85-15-01680-8. p. 249.
Neoplatonismo
Filósofos neoplatônicos Amônio Sacas | Fílon de Alexandria | Hipátia | Jâmblico | Plotino | Plutarco | Porfírio | Proclo | Pseudo-Dionísio
Filósofos influenciados Agostinho de Hipona | Escoto Erígena | Marsílio Ficino | Pico della Mirandola