Praia

zona de areia ou pequenas pedras na margem de um corpo de água


Praia (do latim tardio plagia) é uma formação geológica composta por partículas soltas de mineral ou rocha na forma de areia, cascalho, seixo ou calhaus ao longo da margem de um corpo de água (rio ou oceano), seja uma costa ou praia fluvial.

Praia
Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Praia.
Wikcionário lusófono
O Wikcionário possui o verbete: praia


  • "Em 1896 há de haver mil rebanhos correndo da praia para o sertão; então o sertão virará praia e a praia virará sertão."
- Antônio Conselheiro citado em "Canudos, uma utopia no sertão" - página 32, José Antonio Sola - Editoria Contexto, 1989, ISBN 8585134380, 9788585134389 - 80 páginas
- Camilla Belle; Fonte: Revista IstoÉ Edição 1609
O vento é o aprendiz das horas lentas,
Traz suas invisíveis ferramentas,
Suas lixas, seus pentes-finos,
Cinzela seus castelos pequeninos,
Onde não cabem gigantes contrafeitos,
E, sem emendar jamais os seus defeitos,
Já rosna descontente e guaia
De aflição e dispara à outra praia,
Onde talvez possa assentar
Seu monumento de areia – e descansar.
- homenagem pelo poeta Paulo Mendes Campos
- Poemas, Paulo Mendes Campos - Civilização Brasileira, 1984 - 205 páginas
  • “O mar está levemente encrespado e pequenas ondas quebram na praia arenosa. O senhor Palomar está de pé na areia e observa uma onda. Não que esteja absorto na contemplação das ondas. Não está absorto, porque sabe bem o que faz: quer observar uma onda e a observa. Não está contemplando, porque para a contemplação, nenhuma daquelas três condições todavia, se verifica para ele. Em suma, não são “as ondas” que ele pretende observar, mas uma simples onda e pronto: no intuito de evitar as sensações vagas, ele predetermina para cada um de seus atos um objetivo limitado e preciso.”
- Italo Calvino in: Palomar