Luxúria

emoção de intenso desejo pelo corpo

Luxúria é um desejo sexual desordenado e incontrolável. Segundo a Doutrina Católica, é um dos sete pecados capitais e consiste no apego aos prazeres carnais, corrupção de costumes; sexualidade extrema, lascívia e sensualidade.

A luxúria representada por Pieter Bruegel, o Velho


- il en est de la luxure comme de l'avarice; elle augmente sa soif par l'acquisition des trésors.
- Œuvres complètes de Montesquieu: avec des notes‎ - Página 538, Charles de Secondat Montesquieu (baron de) - Lefèvre, 1835 - 771 páginas
- il n'ya point de passion plus égoïste que celle de la luxure
- Morceaux choisis de Donatien-Alphonse-François - página 92, marquis de Sade, Sade (marquis de), Gilbert Lély - P. Seghers, 1948 - 159 páginas
- William Shakespeare; Ato II - Cena II: Adriana
  • - Assim, pois, o sacristão da Sé, um dia, ajudando à missa, viu entrar a dama, que devia ser sua colaboradora na vida de Dona Plácida. Viu-a outros dias, durante semanas inteiras, gostou, disse-lhe alguma graça, pisou-lhe o pé, ao acender os altares, nos dias de festa. Ela gostou dele, acercaram-se, amaram-se. Dessa conjunção de luxúrias vadias brotou Dona Plácida. E de crer que Dona Plácida não falasse ainda quando nasceu, mas se falasse podia dizer aos autores de seus dias: - Aqui estou. Para que me chamastes? E o sacristão e a sacristia naturalmente lhe responderiam: - Chamamos-te para queimar os dedos nos tachos, os olhos na costura, comer mal, ou não comer, andar de um lado para outro, na faina, adoecendo e sarando, com o fim de tornar a adoecer e sarar outra vez, triste agora, logo desesperada, amanhã resignada, mas sempre com as mãos no tacho e os olhos na costura, até acabar um dia na lama ou no hospital; foi para isso que te chamamos, num momento de simpatia.
- Machado de Assis; Memórias Póstumas de Brás Cubas, Cap. 75:
  • "Pela primeira vez examinei a mim mesmo com o propósito seriamente prático. E ali encontrei o que me assustou: um bestiário de luxúrias, um hospício de ambições, um canteiro de medos, um harém de ódios mimados. Meu nome era legião. "
- For the first time I examined myself with a seriously practical purpose. And there I found what appalled me; a zoo of lusts, a bedlam of ambitions, a nursery of fears, a harem of fondled hatreds. My name was legion.
- The Shadow-lands of C.S. Lewis: The Man Behind the Movie - página 62, Clive Staples Lewis, ‎Peter Kreeft · ISBN 9780898704938, 0898704936, 1994

Veja tambémEditar

A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Luxúria (pecado).
O Wikcionário possui o verbete: luxúria