Ciúmes: diferenças entre revisões

388 bytes adicionados ,  4 de março de 2009
m
fonte
Sem resumo de edição
m (fonte)
:[[Tirso de Molina]]
 
*"O [[ciúme]] manifestado pelo [[homem]] quase sempre é infundado e sempre inflama a [[mulher]]. O [[ciúme]] mostrado pela [[mulher]] quase sempre é procedente e jamais inflama o [[homem]]".
::- ''Los celos del hombre son casi siempre infundados é infaman á la mujer: los celos de la mujer son casi siempre justos y no infaman al hombre''
:[[Severo Catalina]]
:::- ''[[Severo Catalina]] in: "El Amor", publicado no "El Sueco" (periodico semanal literario), ano IV, [[http://pista.dva.gva.es/cmpal/download/46235/2006-10/20/EL_SUECO%2302-03-1912.PDF num 155], 2 de março de 1912, página 2171''
 
*"O orgulho tem esquisitices como qualquer outra paixão. Temos vergonha de confessar que sentimos ciúmes, mas nos vangloriamos de havermos tido, e de sermos capazes de tê-lo".