Diferenças entre edições de "Paul Valéry"

199 bytes adicionados ,  01h50min de 1 de março de 2009
m
fonte
m (O ficheiro Valéry01.jpg teve de ser removido pois foi apagado no Commons por MichaelMaggs: per commons:Commons:Deletion_requests/Image:Valéry01.jpg)
m (fonte)
:- ''Les vilaines pensées viennent du cœur.''
::- ''Œuvres I (1941), Paul Valéry, éd. Gallimard, coll. Bibliothèque de la Pléiade, 1957, chap. Instants, p. 376''
 
*"A meditação é um vício solitário que cava no aborrecimento um buraco negro que a [[tolice]] vem preencher".{{carece de fontes}}
::- ''La méditation est un vice solitaire, qui creuse dans l'ennui un trou noir que la sottise vient remplir.''
:- ''Œuvres‎ - vol. II, Página 291, de Paul Valéry, Jean Hytier - Publicado por Gallimard, 1957''
 
==Atribuídas==
 
*"Um homem competente é um homem que se engana segundo as regras".{{carece de fontes}}
 
*"A meditação é um vício solitário que cava no aborrecimento um buraco negro que a tolice vem preencher".{{carece de fontes}}
 
* "A Dança é, na minha opinião, muito mais do que um exercício, um divertimento, um ornamento, um passatempo social; na verdade, é uma coisa até séria e, sob certo aspecto, mesmo, uma coisa sagrada. Cada era que compreendeu a importância do corpo humano, ou que, pelo menos, teve a noção sensorial de sua estrutura, de seus requisitos, de suas limitações e da combinação de genialidade que lhe são inerentes, cultivou, venerou a Dança".{{carece de fontes}}