Diferenças entre edições de "Glauber Rocha"

219 bytes adicionados ,  18h23min de 17 de novembro de 2006
m
sem resumo de edição
m
{{Autor
[[w:Glauber Rocha|'''Glauber Rocha''']] (14 de março de 1938, Vitória da Conquista - 22 de agosto de 1981, Rio de Janeiro), cineasta, ator e escritor brasileiro.
|Wikisource=
|Wikipedia=Glauber Rocha
|Wikicommons=
|Foto=Glauber Rocha.jpg
|Nombre=Glauber Rocha
|Gutenberg=
|Cervantes=
|DominioPu=
|DomiPubli=
|EbooksG=
|Color=#c0c0c0
}}
[[w:Glauber Rocha|'''Glauber Rocha''']] ''(14 de março de 1938, Vitória da Conquista - 22 de agosto de 1981, Rio de Janeiro), cineasta, ator e escritor brasileiro.''
----
 
*"A arte não é só talento, mas sobretudo coragem."
 
*"A [[arte]] não é só [[talento]], mas sobretudo [[coragem]]."
*"A fome latina não é somente um sintoma alarmante: é o nervo da própria sociedade."
 
*"A [[fome]] latina não é somente um sintoma alarmante: é o nervo da própria [[sociedade]]."
*"A grande contradição da psicanálise de [[Freud]] é que como Freud não conhecia [[Marx]], criou uma teoria cientificamente fundada na neurose humana mas não compreendeu que a neurose é uma doença mental, mas de caráter cultural, provocada pela sociedade burguesa também. Mais tarde, por exemplo, [[Carl Gustav Jung|Jung]] começou a entender as relações da neurose com a sociedade e [[Wilhelm Reich]], que hoje é considerado o psicanalista mais revolucionário, se transformou num marxista."
 
*"A grande contradição da [[psicanálise]] de [[Freud]] é que como Freud não conhecia [[Marx]], criou uma teoria cientificamente fundada na neurose humana mas não compreendeu que a neurose é uma doença mental, mas de caráter cultural, provocada pela sociedade burguesa também. Mais tarde, por exemplo, [[Carl Gustav Jung|Jung]] começou a entender as relações da neurose com a sociedade e [[Wilhelm Reich]], que hoje é considerado o psicanalista mais revolucionário, se transformou num marxista."
*"A primeira coisa que o intelectual latino-americano tem a fazer é negar-se, desmistisficar-se completamente, sair desse papel de intérprete, de crítico da história, sem uma participação concreta, política. Para ele, a única forma de revolucionar-se é fazer do pensamento e da ação política algo integrado. É uma oportunidade, rara na história, de resolver a falsa contradição entre intelectual e político."
 
*"A primeira coisa que o [[intelectual]] latino-americano tem a fazer é negar-se, desmistisficar-se completamente, sair desse papel de intérprete, de crítico da história, sem uma participação concreta, política. Para ele, a única forma de revolucionar-se é fazer do pensamento e da ação política algo integrado. É uma oportunidade, rara na história, de resolver a falsa contradição entre intelectual e político."
*"O cinema novo ficou com a utopia brasileira. Se ela é feia, irregular, suja, confusa, caótica, é também bonita, desarmônica, iluminante, revolucionária."
 
*"O cinema novo ficou com a [[utopia]] brasileira. Se ela é feia, irregular, suja, confusa, caótica, é também bonita, desarmônica, iluminante, revolucionária."
 
*"Que outros filmes mostraram o Brasil mais próximo de sua verdade como mostraram nossos grandes artistas do passado?"
 
*"O [[cinema]] novo é a síntese criadora do cinema brasileiro popular internacional."
 
 
{{wikipédia}}
 
[[Categoria:Pessoas]]
[[Categoria:Cineastas do Brasil]]
[[Categoria:Atores do Brasil]]
[[Categoria:Brasileiros]]