Diferenças entre edições de "Charlie Brooker"

975 bytes adicionados ,  21h08min de 5 de maio de 2018
m
+ fonte
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
m (+ fonte)
{{Autor
'''[[w:Charlie Brooker|Charlie Brooker]]''' ''(3 de março de 1971) é um roteirista, satirista e comentarista britânico. Ele é o criador da aclamada série antológica Black Mirror.
:-| CreatorNome Spotlight: = Charlie Brooker
 
| Foto = Charlie Brooker.jpg
| Wikisource =
| Wikipedia = Charlie Brooker
| Wikicommons = Category:Charlie Brooker
| Wikinoticias =
| Cor = #C0CFE9
}}
'''[[w:Charlie Brooker|Charlie Brooker]]''' ''([[3 de março]] de [[1971]]) é um roteirista, satirista e comentarista britânico. Ele é o criador da aclamada série antológica Black Mirror.
-----
 
[[Ficheiro:Charlie Brooker.jpg|miniaturadaimagem|Charlie Brooker]]
 
* Quando digo às pessoas que sou misantropo, elas reagem como se fosse uma coisa má, as idiotas. Eu vivo em Londres, por amor de Deus. Por acaso passaram pela Oxford Street recentemente? A misantropia é o que nos faz sobreviver. Não é um defeito, é uma aptidão.
::- ''Whenever I tell people I'm a misanthrope they react as though that's a bad thing, the idiots. I live in London, for God's sake. Have you walked down Oxford Street recently? Misanthropy's the only thing that gets you through it. It's not a personality flaw, it's a skill.
 
:::- Creator Spotlight: Charlie Brooker; como citado in Grammar Girl's 101 Words to Sound Smart - [https://books.google.com.br/books?id=D6nEzi1GrrMC&pg=PA66 Página 66], Mignon Fogarty - St. Martin's Press, 2011, ISBN 142995129X, 9781429951296, 128 páginas
:- Creator Spotlight: Charlie Brooker
 
 
 
* Há uma regra de ouro básica, penso que se chama a Lei de Sturgeon, que costuma aplicar-se ao cinema, à televisão e à literatura. Ela diz que 90% de tudo é lixo. Não vale a pena ir à maior parte dos sítios, não vale a pena ter a maioria das conversas, não vale a pena comer a maior parte da comida, não vale a pena olhar ou contemplar a maior parte dos objetos do mundo. Eu não quero ir para uma floresta, ou a um piquenique, ou ver a tua peça, ou ler um determinado livro; porque não vale a pena. E isto torna-se mais evidente aos fins de semana. Pelos vistos, não podemos simplesmente ficar em casa a olhar para o telemóvel o dia todo porque parece que isso é mau. E as crianças também sabem disso porque descobriram os iPads e os telemóveis e toda a gente prefere estar sempre olhar para eles, obviamente. Mas porque todos temos um sentimento de dever e de culpa, acabamos por ir para um parque, ou fazer um piquenique, ou ir ao raio de um museu. A maior parte das coisas não merece o nosso esforço.
::- ''What does Charlie Brooker dislike doing? - Room 101: Series 7 Episode 1 - BBC One''
 
:- ''What does Charlie Brooker dislike doing? - Room 101: Series 7 Episode 1 - BBC One''
 
* No dia 2 de novembro, todo o mundo civilizado vai rezar, rezar para que o [[w:George W. Bush|Bush]] perca. E a Lei de Sod determina que é provável que ele ganhe, refutando assim a existência de Deus de uma vez por todas. O mundo vai aguentar mais quatro anos de idiotice, arrogância e derrame desnecessário de sangue, sem qualquer divindade benevolente para olhar por nós ou para nos salvar. [[w:John Wilkes Booth|John Wilkes Booth]], [[w:Lee Harvey Oswald|Lee Harvey Oswald]], [[w:John Hinckley Jr|John Hinckley Jr]], onde estão vocês quando precisamos?
::- ''The Guardian, 23 de outubro de 2004, Dumb show''
 
* Até esta semana, a única coisa que sabia sobre a saga ''Twilight'' [Crecúspulo] era que tinha vampiros, o que já era suficiente para me desinteressar. Não sabia que era uma fantasia romântica criada para adolescentes. Parece que é possível desinteressar-me de alguma coisa duas vezes antes de sequer a ver.
:- ''The Guardian, 23 de outubro de 2004, Dumb show''
::- ''until this week the one thing I knew about the Twilight saga was that it had vampires in it, which was enough to put me off. I didn't realise it was a romantic fantasy aimed at teenage girls. Turns out it's possible to be put off something twice before you've actually seen it.
 
:::- ''The Guardian, 12 jul 2010, [https://www.theguardian.com/commentisfree/2010/jul/12/charlie-booker-twilights-unscary-monsters Twilight's sulky vampires are less frightening than a knitted cushion]''
* Até esta semana, a única coisa que sabia sobre a saga ''Twilight'' era que tinha vampiros, o que já era suficiente para me desinteressar. Não sabia que era uma fantasia romântica criada para adolescentes. Parece que é possível desinteressar-me de alguma coisa duas vezes antes de sequer a ver.
 
:- ''[https://www.theguardian.com/commentisfree/2010/jul/12/charlie-booker-twilights-unscary-monsters Twilight's sulky vampires are less frightening than a knitted cushion]''