Diferenças entre edições de "Olho"

763 bytes adicionados ,  12h26min de 4 de janeiro de 2015
m
+fontes -sem fontes
m (Bot: Migração de 14 ligações interwiki agora disponíveis no Wikidata em d:Q7364)
m (+fontes -sem fontes)
 
*“Quando a [[luz]] dos [[olho]]s meus e a [[luz]] dos [[olho]]s teus resolvem se encontrar, ai que bom que isso é, meu [[Deus]] que frio que me dá o encontro desse olhar. E se a [[luz]] do [[olho]]s teus resiste aos [[olho]]s meus só pra me provocar, meu [[amor]] juro por [[Deus]] me sinto incendiar.”
::- ''[[Vinícius de Moraes]]; in: "Pela luz dos olhos teus "''
 
*“A [[mulher]] entrou no meu escritório com um [[sorriso]] muito amável e olhos muito azuis.”
::- ''[[Rubem Braga]]; "A Corretora de Mar", in: "Ai de ti, Copacabana!" - Página 7; Publicado por Editôra do Autor, 1961''
 
*"A salvação e a [[morte]] não podem olhar nos [[olho]]s uma da outra". {{carece de fontes}}
::- ''Salvation and death cannot stare each other in the eye.
:- ''[[Berthe Morisot]]''
:::- ''[[Berthe Morisot]] citada em "Berthe Morisot‎" - Página 212, Anne Higonnet - University of California Press, 1995, ISBN 0520201566, 9780520201569 - 240 páginas
 
*"A curva dos teus [[olho]]s faz o tour do meu [[coração]]."
 
*"Havendo [[olho]]s suficientes, todos os [[erro]]s são óbvios".
::- ''Given enough eyeballs, all bugs are shallow.
:- ''[[Eric S. Raymond]]''
:::- ''"The cathedral and the bazaar: musings on Linux and Open Source by an accidental revolutionary" - Página 30, de [[Eric S. Raymond]] - Editora O'Reilly, 2001, ISBN 0596001088, 9780596001087 - 241 páginas
 
* "O olhar dos [[olho]]s de nossa [[mãe]] é parte de nossa [[alma]], é o olhar que nos penetra por nossos [[olho]]s."
::- ''Le regard des yeux de notre mère est une partie de notre âme qui pénètre en nous par nos propres yeux.
:- ''[[Alphonse de Lamartine]]''
:::- ''Les confidences - [http://books.google.com.br/books?id=RxZOAAAAcAAJ&pg=PA25 Página 25], [[Alphonse de Lamartine]] - Perrotin, 1849
 
* "Em matéria de [[amor]], os [[olho]]s dos [[homens]] são sempre maiores do que os [[estômago]]s. Eles têm violentos apetites, mas logo terminam o jantar."
 
* "Nunca se preocupe com o tamanho da sua [[árvore]] de [[natal]]. Aos [[olho]]s das [[criança]]s, todas elas têm 30 pés (cerca de 9 metros) de altura".
::- ''Never worry about the size of your Christmas tree. In the eyes of children, they are all thirty feet tall.''
:- ''[[Larry Wilde]]''
:::- ''[[Larry Wilde]] citado em "Positive Anonymous 12 Step Program" - [http://books.google.com.br/books?id=XmLFU3cfNiQC&pg=PA125 página 125], de Vasu K. Brown, Editora Lulu.com, 2006, ISBN 1419644823, 9781419644825
 
* "Era difícil olhar no [[olho]] do Jake e dizer que o amo, mostrar [[amor]] por outro [[homem]] através dos [[olho]]s, coisa que nunca fiz antes".
::- ''[[Heath Ledger]], ator, sobre contracenar com [[Jake Gyllenhaal]] no papel de caubóis gays em "O Segredo de Brokeback Mountain"; Fonte: Revista IstoÉ Gente!, edição 342 ''
 
* "Os [[olho]]s e os ouvidos são maus testemunhos quando a [[alma]] não presta."
:- ''[[Heráclito]]''
 
* "Galã, eu? Não tenho jeito para isso. Tenho [[cabelo]] duro, [[nariz]] grande... Os galãs da [[televisão]] são altos, loiros, de [[olho]]s azuis..."
::- ''[[Darlan Cunha]] citado em [http://veja.abril.com.br/120105/vejaessa.html Revista Veja], Edição 1887 . 12 de janeiro de 2005''
:- ''[[Darlan Cunha]]''
 
* "Para achar um amigo é preciso fechar um [[olho]]; para conservá-lo é preciso fechar os dois."
::- ''For there is not a man living who knows better than I that the four charms of a cat lie in its closed eyes, its long and lovely hair, its silence and even its affected love.
:::- ''"A conversation with a cat, and others"‎ - Página 3, de [[Hilaire Belloc]] - Harper & brothers, 1931 - 227 páginas
 
* "O [[segredo]] da [[felicidade]] no [[amor]] não é ser cego, mas saber fechar os [[olho]]s quando necessário."
:- ''[[Simone Signoret]]''
 
* "Mas a bela [[juventude]] é como um [[sonho]] [[frágil]], / que dura pouco: sobre a [[cabeça]] do [[homem]] / logo pende a funesta, a horrível [[velhice]], / que o torna, ao mesmo tempo, disforme e desprezado, / envolve os [[olho]]s e a alma, destrói-os e ofusca-os".
::- ''[[Mimnermo]]; Fonte: "Fragmentos" ''
 
*"[[Olho]] por [[olho]] e o mundo acabará cego"
:- ''[[Dalai Lama]]''
 
* "Quando a [[realidade]] visível parece mais bela do que a imaginada é porque a admiram [[olho]]s apaixonados."
 
* "Os jovens têm a memória curta e os [[olho]]s para ver apenas o nascer do sol; para o poente olham apenas os [[velhice|velho]]s, aqueles que viram o ocaso tantas vezes".
::- ''[[Giovanni Verga]]; Fonte: "I Malavoglia" ''
 
* "Consultei um [[cirurgião]] plástico em Beverly Hills que me disse: 'Cuidado com seus [[olho]]s. Eles vão acabar saltando para fora'."
::- ''[[Tom Jones]] aos 65 anos, que mesmo assim não tem certeza de que conseguirá resistir a novas esticadas; Fonte: Revista VEJA Edição 1951 . 12 de abril de 2006 ''
 
*"O pintor precisa de quatro coisas: [[coração]] terno, [[olhos]] agudos, [[mão]] fácil e pincéis sempre bem lavados."
 
* "Quando eu vi você/ tive uma [[idéia]] brilhante/ foi como se eu olhasse/ de dentro de um [[diamante]]/ e meu [[olho]] ganhasse/ mil faces num só instante."
::- ''[[Paulo Leminski]]; Fonte: Revista Caras, Edição 665''
 
* Será que estou sonhando? Meus [[olho]]s estão abertos, o que quer dizer que talvez eu esteja acordado sonhando que estou dormindo...Ou o que é mais provável, talvez eu esteja dormindo, sonhando que estou acordado, imaginando se estou sonhando."
::- ''[[Ladyhawke|Philip, O Rato, no filme O Feitiço de Áquila]]''
 
* A gente passa a ver a [[vida]] com os [[olho]]s do [[coração]]"
::- ''[[Marcos Frota]] ao interpretar o deficiente visual Jatobá em América; dia 9 de junho de 2005, no Bom Dia Mulher, da RedeTV! ''
 
*"A [[poesia]] é a [[pintura]] dos ouvidos, assim como a pintura é a poesia dos [[olho]]s".
 
* "Certos lugares que me davam prazer tornaram-se odiosos. Passo diante de uma [[livraria]], [[olho]] com desgosto as vitrinas, tenho a impressão de que se acham ali pessoas, exibindo títulos e preços nos [[rosto]]s, vendendo-se. É uma espécie de [[prostituição]]."
::- ''[[Graciliano Ramos]]; "Angústia", Cap. 1''
 
* "Desculpe, [[amor]], se meu presente é meio [[loucura|louco]] e bobo e superado: uns lábios em silêncio a [[música]] mental e uns [[olho]]s em recesso a infinita paisagem."
 
* "Existe um caminho que vai dos [[olho]]s ao coração sem passar pelo intelecto."
::-''[[G. K. Chesterton]]; Fonte: Revista CARAS, Edição 667. ''
 
*"Quando os meus amigos são vesgos, [[olho]]-os de perfil."
 
* "O único remédio para se salvar dos arrependimentos no casamento é abrir os [[olho]]s antes de contraí-lo e fechá-los depois
::- ''[[Giuseppe Belli]]; "Appunti Vari"''
 
* "Não há melhor túmulo para a dor do que uma taça cheia de vinho ou uns [[olho]]s negros cheios de languidez."
 
* "Todo mundo então era pérfido, mentiroso e falso? E lágrimas lhe vieram aos [[olho]]s, pois choramos sempre a morte das nossas ilusões com a mesma mágoa com que choramos os nossos mortos."
::- ''[[Guy de Maupassant]]. "Uma Vida"''
 
* "O amor é cego; a amizade fecha os [[olho]]s."
 
* "Às vezes o espelho aumenta o valor das coisas, às vezes anula. Nem tudo o que parece valer acima do espelho resiste a si próprio refletido no espelho. As duas cidades gêmeas não são iguais, porque nada do que acontece em Valdrada é simétrico: para cada face ou gesto, há uma face ou gesto correspondido invertido ponto por ponto no espelho. As duas Valdradas vivem uma para a outra, olhando-se nos [[olho]]s continuamente, mas sem se amar."
::- ''[[Italo Calvino]], "Cidades Invisíveis"''
 
* Permita que eu feche os meus [[olho]]s, / pois é muito longe e tão tarde! / Pensei que era apenas demora, / e cantando pus-me a esperar-te.
 
* "De quem tem o coração morto, nunca os [[olho]]s choram."
::- ''[[Victor Hugo]]; Fonte: "Os Miseráveis" - Tomo I, Parte Primeira, Livro Primeiro, Cap. VII (O Âmago da Desesperação) ''
 
* "Quando você tiver provado a sensação de voar, andará na terra com os [[olho]]s voltados para o céu, onde esteve e para onde desejará voltar."
 
* "Foi trabalhoso abrir a cova. A terra estava dura, calcada, havia raízes a um palmo do chão. Cavaram à vez o motorista, os dois policiais e o primeiro cego. Perante a morte, o que se espera da natureza é que percam os rancores a força e o veneno, é certo que se diz que o ódio velho não cansa, e disso não faltam provas na literatura e na vida, mas isto aqui, a bem dizer, não era ódio, e de velho nada, pois que vale um roubo de um automóvel ao lado do morto que o tinha roubado, e menos ainda no mísero estado em que se encontra, que não são precisos [[olho]]s para cavar mais fundo que três palmos."
::- ''[[José Saramago]], "Ensaio sobre a Cegueira"''
 
* "Outro dia ouvi um pai dizer, radiante: — 'Eu vi pílulas anticoncepcionais na bolsa da minha filha de doze anos!'. Estava satisfeito, com o [[olho]] rútilo. Veja você que paspalhão!"
 
* Os talentos superiores sempre tomaram o poder e foram déspotas, sempre trouxeram mais depravação do que utilidade; eles serão expulsos ou executados. A um Cícero corta-se a língua, a um Copérnico furam-se os [[olho]]s, um Shakespeare mata-se a pedradas - eis o chagaliovismo. Ah, ah, ah, está achando estranho? Sou a favor do chigaliovismo!"
::- ''[[Fiódor Dostoiévski]], "Os Demônios ou Os Possessos"''
 
* "Se meus [[olho]]s mostrassem a minha alma, todos, ao me verem sorrir, chorariam comigo."
 
* Escrever sobre o ofício de educar é sempre um exercício precário. Por mais que o desejo desenhe possíveis futuros, quando escrevo para a Alice, ou para o Marcos, estou a escrever para os filhos dos filhos dos nossos filhos. Ser esperançoso também é isto: escrever para os netos, na apaziguadora certeza de que eles serão os nossos [[olho]]s e as nossas mãos, quando os seus filhos forem, finalmente, as crianças felizes e sábias que eu desejaria todas as crianças hoje fossem.
::- ''[[José Pacheco]]; In: Para os filhos dos filhos dos nossos filhos''
 
* "Parecemo-nos com carneiros a brincar na relva, enquanto o açougueiro, com os [[olho]]s, está a escolher alguns entre eles; pois nestes bons tempos não sabemos que infelicidade precisamente agora o destino está nos preparando: doença, perseguição, empobrecimento, mutilação, cegueira, loucura, morte etc."
 
* Bahá´u´lláh não pede a ninguém que aceite as Suas asserções cegamente. Ao contrário, dá grande importância à necessidade de rejeição da autoridade cega e exorta a todos que abram seus [[olho]]s e ouvidos e façam uso de seu próprio julgamento independente e intrepidamente, a fim de atingir a verdade. Aconselha a mais completa investigação, apresentando como as provas supremas de ser Profeta as Suas palavras e ações e o efeito na transformação da vida dos homens.
::- ''Dr. J. E. Esslemont - [[Bahá´u´lláh]] and the New Era, J. E. Esslemont, p. 10 (título em português:Bahá´u´lláh e a Nova Era) ''
 
* "A [[primavera]] tem as cerejeiras da noite. O verão têm as estelas do céu, que iluminam os [[olho]]s. O outono tem a lua cheia refletida na água. O inverno tem a neve, que flui na relva. Bastam essas coisas simples para que o saquê seja delicioso. Se, mesmo assim, o gosto do saquê não for bom então quer dizer que há algo de errado dentro de você".
 
*"Só os [[olho]]s que choram sabem ver."
::- [[Teixeira de Pascoaes]], ''Divina Tragédia'', em ''Vida Etérea''
 
*"Mantenha seus [[olhos]] bem abertos antes do [[casamento]]; e semi-abertos logo depois".