Abrir menu principal

Alterações

201 bytes adicionados ,  00h55min de 19 de agosto de 2013
m
+ fontes - sem fontes
 
 
* "Os pactos, sem a força, não passam de palavras sem substância para dar qualquer segurança a ninguém":
::- ''[[Thomas Hobbes]] in: "Leviathan", capitulo XVII''
 
* "Diante dessa sociedade que se tornou estranha a sí mesma, temos dois tipos de rebeliões em todos os países. Por um lado, as pessoas culturalmente equipadas para assumir sua autonomia, elas exigem do poder do estado e do dinheiro a criação de espaços de solidariedade autogerida, por outro lado, temos a reação regressiva daqueles que gostariam de reencontrar a segurança de uma ordem pré-moderna, estável, hierarquizada, fortemente integradora, na qual, desde o nascimento, cada um tem seu lugar garantido e determinado pelo fato de pertencer a sua nação ou raça".
::- ''[[André Gorz]], citado em "Cultura vozes" - Página 119, Editora Vozes, 1998''
 
* "Os nossos pais amam-nos porque somos seus filhos, é um fato inalterável. Nos momentos de sucesso, isso pode parecer irrelevante, mas nas ocasiões de fracasso, oferecem um consolo e uma segurança que não se encontram em qualquer outro lugar".
::- ''Our parents love us because we are their children and this is an unalterable fact, so that we feel more safe with them than with any one else. In times of success this may seem unimportant, but in times of failure it affords a consolation and a security not to be found elsewhere.
:- ''[[Bertrand Russell]]''
:::- ''The conquest of happiness‎ - Página 199, [[Bertrand Russell]] - H. Liveright, 1930 - 249 páginas
 
* "Aqueles que abrem mão da [[liberdade]] essencial por um pouco de [[segurança]] temporária não merecem nem liberdade nem segurança".
::- ''A segunda variante foi usada como um lema na página de título de uma histórica revisão da Constituição e de governo da Pensilvânia. ([[1759]]) Este livro foi publicado por Franklin; seu autor era Richard Jackson [http://www.futureofthebook.com/stories/storyReader$605], que citou um escrito de Franklin para a Assembléia da Pensilvänia: Resposta ao Governador, [[11 de novembro]] de [[1755]]. ''
 
* "Lutemos por um mundo novo... um mundo bom que a todos assegura o ensejo de trabalho, que dê futuro a juventude e segurança à velhice".:
* "Quanto à sensação de segurança perante os homens, o poder e o domínio são bens dados pela natureza, a partir dos quais podemos proporcionar-nos segurança".
::- ''[[Charles Chaplin]]; O Último discurso do filme "O Grande Ditador"
:- ''[[Epicuro]]''
 
* "Liberdade civil depende da segurança da propriedade".
:- ''[[Napoleão Bonaparte]]''
 
* "Lutemos por um mundo novo... um mundo bom que a todos assegura o ensejo de trabalho, que dê futuro a juventude e segurança à velhice".
:- ''[[Charles Chaplin]]''
 
*"Podemos escolher recuar em direção à [[segurança]] ou avançar em direção ao [[crescimento]]. A opção pelo crescimento tem que ser feita repetidas vezes. E o [[medo]] tem que ser superado a cada momento."
 
{{w}}
{{wikcionário|segurança}}
 
[[categoria:temas]]