Palavras: diferenças entre revisões

1 015 bytes adicionados ,  00h03min de 14 de fevereiro de 2012
m
+ fontes
Sem resumo de edição
m (+ fontes)
 
* "Em certos momentos, as [[palavra]]s são nada; mas sim o tom em que são proferidas".
::- ''At certain moments, words are nothing; it is the tone in which they are uttered.''
:::- ''Fonte: [[Paul Bourget]]; Cosmopolis (1892), capítulo 5, "Countess Steno" ("Condessa Steno")
 
* "O amor? Começa com grandes palavras, continua com palavrinhas, termina com palavrões."
 
* "Haroun queria pegar suas palavras de volta, arrancá-las de dentro do ouvido de seu pai e enfiá-las de volta na sua própria boca."
::- ''[[Salman Rushdie]] in: Haroun
 
* "Mas sei todas as palavras de ódio, do ódio mais profundo e mais mortal. Eles matam crianças e essa é a sua maneira de brincar o mais inocente dos brinquedos. Eles desonram a beleza das mulheres nos leitos imundos e essa é a sua maneira mais romântica de amar. Eles torturam os homens nos campos de concentração e essa é a sua maneira mais simples de construir o mundo. Eles invadiram as pátrias, escravizaram os povos, e esse é o ideal que levam no coração de lama."
:Essas palavras
:Quem falou não está mais aqui"
::- ''[[Chico Buarque]] na música "[http://www.chicobuarque.com.br/letras/tantaspa_83.htm Tantas palavras]" (1983)
:- ''[[Chico Buarque]]
 
* "Não é a mais fácil e cômoda palavra que existe. Se alguém diz não, os problemas acabaram. Os problemas realmente começam quando você diz SIM."
::- ''[[Victor Civita]], [http://www.al.sp.gov.br/StaticFile/integra_sessao/009aSS060410.htm citado] por Ricardo Tripoli, em 10 de abril de 2006 ''
 
* "Quem escreve deve saber que suas criações não são mais suas, mas de quem as lê."
::- ''[[Claudia Letti]] citada em Língua portuguesa: Edição 7 - página 11, Editora Segmento, 2006
 
* "Um contrato verbal não vale o papel em que é escrito".
::- ''A verbal contract isn't worth the paper it's written on.''
:::- ''[[Samuel Goldwyn]]; Por Alva Johnston, "The Great Goldwyn", 1937''
 
* "Suas palavras estalam como gravetos pisados na floresta, crepitam como lenha queimando, liquefazem meus olhos chorando."
 
* "O ser humano inventou a linguagem para satisfazer a sua profunda necessidade de se queixar."
::- ''Man invented language to satisfy his deep need to complain.
:- ''[[Lily Tomlin]]
:::- ''Say hello to your very own book of quotes‎, de [[Lily Tomlin]], publicado por Quatations Books
 
* "As pessoas que falam muito mentem sempre, porque acabam esgotando seu estoque de verdades."
::- ''[[Millôr Fernandes]] citado em Frases Geniais - Página 216, PAULO BUCHSBAUM - Ediouro Publicações, 2004, ISBN 8500015330, 9788500015335, 440 páginas
:- ''[[Millôr Fernandes]]
 
* "Filmes têm diferentes receitas para grandes sopas, servidas para 300, 400 pessoas por vez. Um livro é um jantar solitário."
 
* "(Sobre a diferença entre as falas de Portugal e do Brasil) Nós demos aos brasileiros a terra, o povo e a língua, e nós é que temos sotaque!"
::- ''[[Raul Solnado]] citado em Língua portuguesa - página 9, Editora Segmento, 2005
 
* "Ópera em inglês faz tanto sentido quanto beisebol em italiano.
 
* "A palavra Futuro é uma palavra em decadência."
::- ''Qué va a pasar con la palabra futuro? O. P: Creo que es una palabra en decadencia.
:- ''[[Octavio Paz]]
:::- ''Miscelanea III: Entrevistas - página 241, [[Octavio Paz]] - Círculo de Lectores, 1994, ISBN 9681668073, 9789681668075 - 754 páginas
 
* "As palavras verdadeiras não são agradáveis, e as agradáveis não são verdadeiras."
::- ''Truthful words are not beautiful; beautiful words are not truthful. Good words are not persuasive; persuasive words are not good
:- ''[[Lao-Tsé]]
:::- ''[[Lao-Tsé]]; Tao te ching - Página 117, Laozi, D. C. Lau - Chinese University Press, 1989, ISBN 9622014674, 9789622014671 - 325 páginas
 
* "Opinião pública é o que as pessoas acreditam que as outras pessoas pensam."