Diferenças entre edições de "Fiódor Dostoiévski"

320 bytes adicionados ,  16h37min de 28 de agosto de 2011
m
+ fonte
m (+ fonte)
* "Há na [[terra]] uma única [[idéia]] superior: a da [[imortalidade]] da [[alma]] humana, pois todas as outras idéias superiores de que o [[homem]] pode viver, nascem somente dessa [[idéia]]."
:- ''[[Fiódor Dostoiévski]], citado em "Cintilações"‎ - Página 11, Sabino Lino Conte - Editôra F.T.D., 1966 - 158 páginas
 
 
 
==Obras==
 
*"É claro e evidente que o mal se insinua no homem mais profundamente do que supõem os médicos socialistas. Em nenhuma ordem social é possível escapar ao mal e mudar a alma humana: ela própria é a origem da aberração e do [[pecado]]."
:::- ''[[Fiódor Dostoiévski]]; Полное собрание художественных произведений, Volume 12‎ - Página 210, Федор Достоевский - Государственное издательство, 1930
 
* "Conhecemos um [[homem]] pelo seu [[riso]]. Se na primeira vez que o encontramos ele ri de maneira [[agradável]], o [[íntimo]] é excelente."{{carece de fontes}}
==Obras==
::- ''I may be mistaken but I fancy that one can know a man from his laugh, and if you like a man's laugh before you know anything of him, you may confidently say that he is a good man.
:::- ''The house of the dead: a novel in two parts - página 36, [[Fyodor Dostoyevsky]] - The Macmillan Company, 1915 - 284 páginas
 
===Notas do Subterrâneo ou Memórias do subsolo===
 
 
*"Sofrer e chorar significa viver."{{carece de fontes}}
 
*"Conhecemos um homem pelo seu riso. Se na primeira vez que o encontramos ele ri de maneira agradável, o íntimo é excelente."{{carece de fontes}}
 
*"Todas as mulheres sabem que os ciumentos são os primeiros a perdoar."{{carece de fontes}}