Erika Mann

atriz alemã
Erika Mann
Erika Mann
Erika Mann em outros projetos:

Erika Julia Hedwig Mann (9 de Novembro de 1905 - 27 de Agosto de 1969) foi a filha do escritor Thomas Mann e de Kathia Mann. Conhecida pelo seu cabaré humoristico anti-fascista, ela foi uma produtora de teatro, dramaturga, jornalista e actriz.


  • "Sem dúvida que foi esta atracção mórbida e satânica pela morte de que ele fala, uma das forças que atraíram os alemães para o Nazismo. Não é por acaso que o símbolo das tropas de elite de Hitler é um crânio (Totenkopf). E por muito dinâmico e vivo que o movimento nazi se tenha vendido na propaganda, a divindade a que eles se rendiam com êxtase era a morte. O romantismo Nazi não tinha qualquer lugar para a "luz" ou o "luminoso". Os seus espíritos eram sobrios. E no entanto o desastre alemão não foi uma capitulação consciente ou intencional perante a catástrofe, apesar de ter havido uma saudade inconsciente para com ela. Foi antes a pelo senhor Clemenceau desaprovada falta fundamental de cultura moral que arruinou a nação".
- Menos de uma década depois da morte de Clemenceu, Erika Mann classifica esta caracterização dos alemães pelo senhor Clemenceu como "sinistramente acertada".