Papa Bento XVI

265.º Papa da Igreja Católica

Papa Bento XVI (?) foi um papa da Igreja Católica.

Papa Bento XVI
Papa Bento XVI
Nascimento Joseph Aloisius Ratzinger
16 de abril de 1927
Birth house of Benedict XVI (República de Weimar)
Morte 31 de dezembro de 2022 (95 anos)
Mosteiro Mater Ecclesiae, Vaticano
Batizado 16 de abril de 1927
Residência Mosteiro Mater Ecclesiae
Sepultamento Vatican Grotto
Cidadania Alemanha, Vaticano, Itália
Etnia alemães
Progenitores
  • Joseph Ratzinger, Sr.
  • Maria Peintner
Irmão(ã)(s) Georg Ratzinger
Alma mater
  • Universidade de Munique
  • Ducal Georgianum
Ocupação padre católico de rito romano, teólogo, escritor religioso, pianista, professor universitário, filósofo, diácono transicional, diácono, bispo católico romano, papa, teólogo católico, arcebispo
Prêmios
  • Comandante da Legião de Honra (1998)
  • Ordem do Mérito da Baviera (1977)
  • Bayerische Verfassungsmedaille em Ouro
  • Stephanus Award
  • doutor honoris causa (Pontifícia Universidade de João Paulo II, 2015)
  • doutor honoris causa (Academia de Música Krzysztof Penderecki em Cracóvia, 2015)
  • Ordem Maximiliana da Baviera para Ciência e Arte (1995)
  • honorary doctor of Babeș-Bolyai University
  • cidadania honorária (2018, Surberg)
  • cidadania honorária (Altötting, 2006)
  • cidadania honorária (2005, Traunstein)
  • cidadania honorária (2010, Frisinga)
  • cidadania honorária (Marktl)
  • cidadania honorária (2009, Introd)
  • cidadania honorária (2008, Bressanone)
  • cidadania honorária (2011, Naz-Sciaves)
  • Grande Cruz do Mérito da República Federal da Alemanha (1994)
  • doutor honoris causa da Universidade Católica de Lublin (1988)
  • Order of Karl Valentin (1989)
  • honorary doctor of the Catholic University of Eichstätt-Ingolstadt (1987)
  • honorary doctorate of the University of Navarre
  • honorary doctorate from the Pontifical Catholic University of Peru (1986)
  • honorary doctor of the University of Wrocław (2000)
  • honorary doctor of Babeș-Bolyai University (2005)
  • Ordem do Mérito da República Federal da Alemanha
  • Ordem Soberana e Militar de Malta
  • Condecoração de Honra por Serviços à República da Áustria
  • Ordem Nacional do Mérito
  • Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul
  • Order of Minerva (1988)
Empregador(a) Universidade de Tubinga, Universidade de Bonn, Universidade de Munique, Universidade de Münster, Universidade de Ratisbona
Instrumento piano
Religião Igreja Católica, catolicismo
Página oficial
https://www.vatican.va/content/benedict-xvi/en.html
Assinatura

Verificadas

editar

Enquanto cardeal

editar

Ratzinger ficou conhecido por expressar abertamente as suas posições conservadoras.

Religião e Fé

editar
  • "Os marxistas previram o fim da religião. Com o fim da opressão, o remédio representado por Deus não teria mais razão de ser, dizia-se. Mas também eles foram obrigados a reconhecer que o sentimento religioso nunca acabou porque está verdadeiramente enraizado no homem".
- citado em Revista Veja, Edição 1902 . 27 de abril de 2005
  • "Nós estamos caminhando para uma ditadura do relativismo que não reconhece nada como definitivo e tem como valor máximo o ego e os desejos individuais. A Igreja precisa se opor às "marés de modismos e das últimas novidades. (...) Precisamos nos tornar maduros nessa fé adulta, precisamos guiar o rebanho de Cristo para essa fé".
- Durante uma missa na Basílica de São Pedro, pouco antes do início do conclave e um dia antes de ser eleito; como citado em Continente multicultural, Volume 5,Edições 53-56 - página 112, Companhia Editora de Pernambuco, 2005
  • "Nas horas de seu maior apogeu, a Europa parece ter se tornado vazia por dentro, paralisada por uma crise que ameaça sua saúde e a faz depender de transplantes".
- No recente livro publicado "Valores em Tempos de Reviravolta"
  • "Sem dúvida, falsos profetas continuam a propor uma salvação a "baixo preço", que termina sempre por gerar violentas desilusões".
- Audiência geral, quarta-feira, 20 de Dezembro 2006, [1]

O lugar de Deus na sociedade moderna

editar
  • "Muito marginalizado. Na vida política, parece quase indecente falar de Deus, como se fosse um ataque à liberdade de quem não crê. O mundo político segue suas normas e caminhos, excluindo Deus como algo que não é deste mundo. A mesma coisa acontece no comércio, na economia e na vida privada. Deus fica à margem. Para mim parece necessário voltar a descobrir, e existem forças para isso, que também a esfera política e econômica precisa de uma responsabilidade moral, que nasce do coração do homem e está ligada à presença ou ausência de Deus. Uma sociedade em que Deus está totalmente ausente se autodestrói."
- Em entrevista ao jornal "La Repubblica" em 2004, citado in La Nacion

Catolicismo

editar
  • "Napoleão disse uma vez que aniquilaria a Igreja. Um cardeal, então, teria respondido: Mas nem mesmo nós fomos capazes de fazê-lo!".
  • "Quanta imundície há na igreja, mesmo entre aqueles que, no sacerdócio, devem pertencer inteiramente a Ele. Quanto orgulho, quanta auto-suficiência".
- Na missa da Sexta-feira Santa em 2005'
  • "A Igreja Católica é a mãe de todas as igrejas cristãs. Por isso, outras igrejas não devem ser consideradas 'irmãs' da Igreja Católica."
- quando cardeal, como citado em Caros amigos - [books.google.com.br/books?id=67Q6AQAAIAAJ Edições 94-99], Editora Casa Amarela Ltda., 2005

Abusos sexuais envolvendo sacerdotes da Igreja

editar
  • "Na Igreja, padres também são pecadores. Mas eu estou pessoalmente convencido de que a constante presença dos pecados dos padres católicos na imprensa, especialmente nos Estados Unidos, é uma campanha planeada, já que a percentagem dessas infrações entre padres não é mais alta do que em outras categorias, e talvez seja ainda mais baixa."
- Em dezembro de 2002

O catolicismo em relação ao Islã

editar
  • "O Islã é multiforme, não se pode reduzir à ala terrorista ou à ala moderada. Há interpretações sunitas, xiitas etc. Culturalmente, existe uma grande diferença entre Indonésia, África ou a Península Arábica, e talvez esteja se formando também um Islã com características européias, que aceita elementos de nossa cultura. Em todo caso, para nós, é um desafio positivo a firme fé em Deus dos muçulmanos, a consciência de que estamos todos sob o juízo de Deus, junto com um certo patrimônio moral e a observação de algumas normas que demonstram que a fé, para viver, necessita expressões comuns, algo que perdemos em certa medida."
- Em entrevista ao jornal "La Repubblica" em 2004

Judeus

editar
  • "Que os judeus são ligados à Deus de uma maneira especial e que Deus não quer que essa ligação fracasse é inteiramente óbvio."
  • "Aguardamos o momento em que Israel vai dizer 'sim' a Cristo, mas sabemos que tem uma missão especial na história agora."
- Em livro de sua autoria, publicado em 2000

João Paulo II

editar
  • "Nós podemos ter certeza de que o nosso amado papa está na janela da casa do Senhor, de onde ele nos vê e nos abençoa."
- Durante a homilia que fez no funeral de João Paulo 2º
  • "Hoje nós enterramos os seus restos na terra como uma semente da imortalidade. Os nossos corações estão cheios de tristeza, mas ao mesmo tempo de uma alegre esperança e de uma gratidão profunda."
- Durante a homilia que fez no funeral de João Paulo 2º

Homossexualidade

editar
  • "Embora a inclinação particular de uma pessoa homossexual não seja um pecado, é mais ou menos uma tendência que vem de um mal moral intrínseco, e, portanto, a inclinação em si pode ser vista como uma desordem de objetivo."
- Em 1986, na carta aos bispos da Igreja Católica sobre o cuidado pastoral de gays; como citado em BBC Brasil , 20 de abril, 2005 - 11h39 GMT
  • "Acima de tudo, nós temos que ter grande respeito por essas pessoas que também sofrem e querem encontrar a sua maneira de viver corretamente. Por outro lado, criar uma forma de casamento homossexual, na realidade, não ajuda essas pessoas."
- Em 1986, na carta aos bispos da Igreja Católica sobre o cuidado pastoral de gays; como citado em BBC Brasil , 20 de abril, 2005 - 11h39 GMT

Legalização da união de homossexuais

editar
  • "A igreja classifica os casamentos homossexuais como imorais, artificiais e nocivos."
- Como citado em Folha, 19/04/2005 - 15h48
  • "É destrutiva para a família e para a sociedade. O direito cria uma forma de moral, já que as pessoas consideram freqüentemente que o que diz o direito também é moralmente lícito. E, se considerarmos essa união mais ou menos equivalente ao matrimônio, temos uma sociedade que já não reconhece as características e nem o caráter fundamental da família, ou seja, que é próprio do homem e da mulher, que tem a finalidade de dar continuidade, não só no sentido biológico, à humanidade."
- Em entrevista ao jornal 'La Repubblica' em 2004

Mulheres

editar
  • "O fato de a Igreja estar convencida de que não conferir a ordenação às mulheres agora é visto por alguns como incompatível com a Constituição européia."
- Como citado em BBC Brasil
  • "Pessoalmente me abala a idéia de que mulheres, guardiãs da paz e contrapeso à agressividade e belicosidade masculinas, possam ser alistadas no Exército e saiam por aí armadas para demonstrar que podem ser tão belicosas quanto os homens."
- Citado em Revista Veja, Edição 1902 . 27 de abril de 2005
  • "Um veículo anti-religião."
- Em 1988
  • Os gêneros musicais rock e pop são distrações profanas para a fé cristã; uma expressão básica das paixões que, em grandes platéias, pode assumir características de culto ou até de adoração, contrários ao cristianismo"
- Fonte

Aborto e eutanásia

editar
  • "Claro pecado grave."
- Durante a campanha das eleições presidenciais americanas em 2004
  • "Os cristãos devem ser contra decisões judiciais e leis que autorizem o aborto e a eutanásia, considerados pecados graves."
- Como citado em Caros amigos, Edições 94-99, Editora Casa Amarela Ltda., 2005
  • "Um católico será considerado culpado por cooperar com o mal, e não poderá receber a comunhão, se votar em um candidato político por ele ser a favor da eutanásia e/ou do aborto."
- Como citado em Folha, 19/04/2005 - 15h48

Outros tópicos

editar
  • "Rituais que dependem da superstição e outros erros constituem um obstáculo para a salvação."
- Como citado em Caros amigos, Edições 94-99, Editora Casa Amarela Ltda., 2005
  • "Após o grande papa João Paulo II, os cardeais escolheram a mim, um simples, humilde trabalhador da vinha do Senhor".
- Em seu primeiro pronunciamento como novo sumo pontífice da Igreja Católica

Férias e descanso

editar
  • "Todo o bom cristão sabe que as férias são um tempo oportuno para relaxar o corpo e também para alimentar o espírito com tempos maiores de oração e meditação, para crescer na relação pessoal com Cristo e conformar-se cada vez mais com os seus ensinamentos."
- Durante um período de férias no norte da Itália, agosto de 2007.

Juízo Final

editar
  • "É hoje, no presente, que se joga nosso destino futuro, com o comportamente concreto nesta vida decidimos nossa sorte eterna. Ao final de nossos dias na terra (...) seremos avaliados tendo em conta se nos assemelhamos ou não ao Menino que está a ponto de nascer na gruta de Belém, porque Ele é o critério de medida que Deus deu à humanidade."
- Alocução do Ângelus, 9 de dezembro de 2007, Segundo Domingo do Advento.

Sofrimento

editar
  • "Não é o evitar o sofrimento, a fuga diante da dor, que cura o homem, mas a capacidade de aceitar a tribulação e nela amadurecer, de encontrar o seu sentido através da união com Cristo, que sofreu com infinito amor".
  • "A grandeza da humanidade determina-se essencialmente na relação com o sofrimento e com quem sofre. Isto vale tanto para o indivíduo como para a sociedade. Uma sociedade que não consegue aceitar os que sofrem e não é capaz de contribuir, mediante a compaixão, para fazer com que o sofrimento seja compartilhado e assumido é uma sociedade cruel e desumana".
- Carta Encíclica Spe Salvi.

Outros Tópicos

editar
  • "O uso ilimitado de portais através dos quais as pessoas têm acesso fácil a fontes de informações indiscriminadas pode chegar a ser um instrumento de crescente fragmentação."[carece de fontes?]
  • "Por Deus, tenham um blog!"
-Dizendo aos padres para aproveitarem os serviços de tecnologia para difundir a religião católica.
-"Fonte: G1