Josef Stalin

secretário geral do Partido Comunista da União Soviética (1878-1953)

Iosif Visarionovich Dzhugashvili ou Josef Stalin, também aportuguesado para José Estaline. Nome original Ioseb Jughashvili (georgiano: იოსებ ჯუღაშვილი, russo: Иосиф Джугашвили, Iósif Dzhugashvíli) (Gori, 21 de Dezembro de 1879 — Kuntsevo, 5 de Março de 1953). Foi um político soviético.

Josef Stalin
Josef Stalin
Stalin nel 1942
Nascimento იოსებ ბესარიონის ძე ჯუღაშვილი
18 de dezembro de 1878
Gori
Morte 5 de março de 1953 (74 anos)
Datcha de Kuntsevo
Residência Narym, Turukhansk, Solvychegodsk, Novaya Uda, São Petersburgo, Baku, Moscovo
Sepultamento necrópole da Muralha do Kremlin
Cidadania Império Russo, Rússia bolchevique, União Soviética
Estatura 1,68 m, 163 cm
Progenitores
  • Besarion Jughashvili
  • Ketevan Geladze
Cônjuge Ekaterina Svanidze, Nadezhda Alliluyeva
Filho(a)(s) Yakov Dzhugashvili, Konstantin Kuzakov, unnamed boy Jughashvili(1916), Alexander Davydov, Vasili Dzhugashvili, Artyom Sergeyev, Svetlana Alliluyeva
Irmão(ã)(s) Joseph Davrichachvili, Mikhail Jughashvili, Giorgi Jughashvili
Alma mater
  • Tbilisi Theological Seminary
  • Gori school
Ocupação político, revolucionário, jornalista de opinião, estadista, linguista
Prêmios
  • Herói da União Soviética (1945)
  • Herói do Trabalho Socialista (1939)
  • Ordem da Vitória (3, 1944)
  • Ordem da Vitória (15, 1945)
  • Ordem de Lenin (6235, Herói do Trabalho Socialista, 1939)
  • Ordem de Lenin (117859, Herói da União Soviética, 1945)
  • Ordem de Lenin (1949)
  • Ordem do Estandarte Vermelho (1919)
  • Ordem do Estandarte Vermelho (1930)
  • Ordem do Estandarte Vermelho (1944)
  • Order of Suvorov, 1st class (1943)
  • Order of the Red Star (1922)
  • Medalha "Pela Defesa de Moscou" (1944)
  • Medalha "Pela vitória sobre a Alemanha na Grande Guerra Patriótica 1941-1945" (1945)
  • Medalha "Pela Vitória sobre o Japão" (1945)
  • Medalha do Jubileu de XX anos do Exército Vermelho de Operários e Camponeses (1943)
  • Medalha "Em Comemoração aos 800.º Aniversário de Moscou" (1947)
  • Ordem da República (Tuvá) (1943)
  • Cruz de Guerra da Tchecoslováquia 1939-1945 (1943)
  • Ordem de Sukhbaatar (1945)
  • Cruz de Guerra da Tchecoslováquia 1939-1945 (1945)
  • Collar of the Order of the White Lion (1945)
  • Ordem de Sukhbaatar (1949)
  • Herói da República Popular da Mongólia (1949)
  • Medal "For the Victory over Japan" of Mongolia (1945)
  • Pessoa do Ano (1939)
  • Pessoa do Ano (1942)
  • Cidadão honorário de Praga (1946–1990)
  • Honorary citizenship of České Budějovice (1945–2017)
  • honorary citizen of Chrudim (1945–2019)
  • Ordem do Estandarte Vermelho (Mongólia)
  • cidadão honorário de Budapest (1948, withdrawn award, –2011)
  • Ordem do Leão Branco
Empregador(a) Pravda, Brdzola, Tbilisi Observatory, autoridade pública
Lealdade União Soviética
Comando Conselho Militar Revolucionário, North Caucasus Military District, Southern Front of the Russian Civil War, Comité de Defesa do Estado (1941–1945), Exército Vermelho, Headquarters of the Supreme High Command
Movimento estético marxismo-leninismo
Religião ateísmo
Ideologia política estalinismo
Causa da morte hemorragia intracerebral
Assinatura

  • "O antissemitismo é perigoso para os trabalhadores, porque é um falso trajeto que os desvia do caminho correto e os conduz para a selva. Assim, os comunistas, como internacionalistas consistentes, não podem deixar de ser inimigos irreconciliáveis e amargos do antissemitismo. Na URSS, o antissemitismo é rigorosamente processado como um fenômeno hostil ao sistema soviético. De acordo com as leis da URSS, os antissemitas ativos são punidos com a morte".
- Anti-Semitism is dangerous for the toilers, for it is a false track which diverts them from the proper road and leads them into the jungle. Hence, Communists, as consistent internationalists, cannot but be irreconcilable and bitter enemies of anti-Semitism. In the U.S.S.R., anti-Semitism is strictly prosecuted as a phenomenon hostile to the Soviet system. According to the laws of the U.S.S.R. active anti-Semites are punished with death.
- Em uma resposta a um questionamento feito pela Jewish Telegraphic Agency of America — 12 de janeiro de 1931. Cf. Stars and Sand, p. 316.
  • "Mas quantas divisões militares tem o papa?"
- The Pope! How many divisions has he got?
- Disse sarcasticamente a Pierre Laval, quando aconselhado a encorajar o catolicismo na União Soviética (13 de maio de 1935), como citado na "The Second World War" [Segunda Guerra Mundial] (1948) por Winston Churchill vol. 1, ch. 1, cap. 8,
  • "Se você falhar, vai ficar uma cabeça mais baixo!"
-Aviso que Stalin dizia às vezes ao fim de suas ordens.
- citado em 1942: O Brasil e sua guerra quase desconhecida - página 44, João Barone, Editora Nova Fronteira, ISBN 8520935206, 9788520935200
  • "Devemos aprender a odiar nossos inimigos".

Falsas Atribuições

editar
  • "Uma única morte é uma tragédia; um milhão de mortes é uma estatística."
- citado por Julia Solovyova, in: Mustering Most Memorable Quips; historiadores russos não confirmam a citação, conforme discutido por Konstantin Dushenko (Константин Душенко) no Dicionário de Citações Modernas (Словарь современных цитат: 4300 ходячих цитат и выражений ХХ века, их источники, авторы, датировка).
  • "A morte resolve todos os problemas - sem homem, sem problema".
- Death solves all problems — no man, no problem.
- citação inicialmente publicada em "Children of the Arbat", de Anatoly Rybakov. Em outro livro "The Novel of Memories" ele admitiu que inventou esta citação
  • “Em 1938, Mussolini estava convencido de que ‘dado o total colapso do sistema [herdado] de Lênin, Stalin transformara-se sem alarde num fascista.’”
- A. James Gregor, em The Fascist Persuasion in Radical Politics, Princeton: NJ, Princeton University Press (1974), p. 132
  • “Lenin criou Stalin”.
- Victor Sebestyen, historiador da Rússia e do comunismo
- Fonte: UOL — 17 de junho de 2020
  • "Stalin, logo depois que chegou ao poder, ordenou a seus camaradas que invadissem os seminários católicos (...) com jovens que não tinham fé nem moral. Especialmente homossexuais considerados casos ideais (para os fins que tinha em mente). (...) Bem, é muito mais complicado, você sabe, que um padre tenha um caso com uma mulher. Mas se você é homossexual, sendo homem no meio de muitos homens... Foi uma missão trágica".
- Alice von Hildebrand revelando o que Bella Dodd tinha lhe contado em 1965
- Fonte: O Fiel Católico