Guilherme de Pádua

ex-ator brasileiro, assassino de Daniella Perez
Guilherme de Pádua em outros projetos:

Guilherme de Pádua Thomaz (Belo Horizonte, 2 de novembro de 1969) é um ex-ator brasileiro.


  • "Continuo preso. Fui uma espécie de exemplo de justiça superexposto pela mídia, em um país repleto de impunidade. A verdade é que fiz bobagens, mas sou inofensivo, e por isso as pessoas não têm medo de me agredir na rua."
- Fonte: Revista IstoÉ Gente. [1]
  • “O que eu mais desejo é a felicidade das pessoas a quem causei dor. Mas eu acho que ela (Glória) não quer me ouvir”
- Sobre o assassinato de Daniela Perez, filha de Glória Perez.
- Fonte: Terra. Data: 9 de abril de 2010.[2]
  • “Estraguei a minha vida. Deus tem feito coisas maravilhosas por uma pessoa que não merece. Fui condenado no natural, mas não no sobrenatural. Deus transformou minha vida”
- Sobre sua vida após o assassinato de Daniela Perez.
- Fonte: Terra. Data: 9 de abril de 2010.[2]
  • “Ninguém sabe a minha versão da história. Já cuspiram em mim no shopping. As pessoas adoram chutar cachorro morto, principalmente se for alguém pacato como eu. Precisam de Deus
- Sobre sua versão do assassinato de Daniela Perez.
- Fonte: Terra. Data: 9 de abril de 2010.[2]

ReferênciasEditar