Abrir menu principal

Gabriele D'Annunzio

Gabriele d'Annunzio
Gabriele d'Annunzio
Gabriele d'Annunzio em outros projetos:

Gabriele d'Annunzio (Pescara, 12 de março de 1863 — Gardone Riviera, 1 de março de 1938) foi um poeta e dramaturgo italiano, símbolo do decadentismo e herói de guerra. Além de sua carreira literária, teve também uma excêntrica carreira política.


  • "Alguém caminha a meu lado sem rumor, como se tivesse os pés nus... A névoa entra pela boca, ocupa os pulmões. Perto de Canalazzo flutua e se acumula. O desconhecido torna-se cinza, mais leve; se faz sombra... Sob a casa onde fica o antiquário, desaparece de improviso."
- Qualcuno che cammina al mio fianco senza rumore, come se avesse i piedi nudi... La nebbia entra in bocca, occupa i polmoni. Verso il Canalazzo fluttua e s'accumula. Lo sconosciuto diventa più grigio, più lieve; si fa ombra... Sotto la casa dov'è l'antiquario, egli scompare all'improvviso
- Liriche, con una scelta di prose‎, Gabriele D'Annunzio - A. Mondadori, 1965 - 424 páginas
  • "Memento audere semper"
- Expressão latina que pode ser traduzida como "recorda-te de ousar sempre"; tem uma função exortativa supondo que os riscos são marcados por decisões.
- citado em "Caro Mario--: Gabriele d'Annunzio al suo gioielliere‎" - Página 14, Gabriele D'Annunzio, Mario Buccellati, Graziella Buccellati - Libri Scheiwiller, 1989, ISBN 8876441263, 9788876441264 - 60 páginas