Frei Betto

frade dominicano, jornalista graduado e escritor brasileiro
Frei Betto
Frei Betto
Frei Betto em outros projetos:

Frei Betto, pseudônimo de Carlos Alberto Libânio Christo (Belo Horizonte, Brasil, 25 de agosto de 1944), religioso brasileiro.


  • "Ontem eu fui numa comunidade, a Casa da Resistência. Cada um de nós devia criar no seu bairro uma Casa da Resistência. Eu adorei. O pessoal daqui que me levou: a Ana Luíza, o Pietro, jovens que estão aqui participando do nosso encontro me levaram lá. Uma coisa simples que a gente devia fazer em cada lugar. Junta o povão... cobraram dez reais pro povão entrar lá e ainda fizeram um dinheirinho fazendo churrasquinho e vendendo cerveja. Aliás, o símbolo lá é resistência e cerveja, com a foice e o martelo no meio. E eu lembrei isso: tem gente que me pergunta: `Betto, por que você se envolve com política?` Eu falo: mas eu acho estranho perguntar a um cristão porque se envolve com política. Mas por que você acha estranho? Porque todos nós cristãos somos discípulos de um prisioneiro político. Que eu saiba, Jesus não morreu de hepatite na cama; nem de desastre de camelo numa esquina de Jerusalém. Ele morreu como frei Tito morreu, como o padre Josimo morreu, como tantos mártires da caminhada morreram. Ele foi preso, ele foi torturado, ele foi julgado, não por um, por dois poderes políticos. E foi condenado a pena de morte dos romanos, que ocupavam a Palestina do tempo dele, que era a morte na cruz. E você vem perguntar pra mim porque eu me envolvo com política? Eu sou discípulo de um militante político que vem de uma família política porque logo no início, da vida dele, o primo dele, João Batista, denunciou a corrupção do governador Herodes Antipas, da Galileia, e foi degolado. E Jesus ficou com medo, em casa, como alguns de nós, às vezes, ficam? Jesus recolheu as bandeiras? Jesus passou para o outro lado? Não! A militância de Jesus começa quando a militância de João Batista termina. E os primeiros discípulos de Jesus eram discípulos de João Batista; aí que ele começa o grupo militante dele, que a gente chama de grupo apostólico".
- Em palestra no 11º Encontro Nacional Fé e Política, realizado na cidade do Natal/RN de 12 a 14 de julho de 2019
- Vídeo no YouTube: youtube.com/watch?v=e9Ld-XfNE0c&t=51m48s
  • "Se nós queremos resgatar a democracia, não é ficar chorando e com medo, não; é sair daqui e fazer tudo isso que a gente debateu esses dias. Reúne na sala da sua casa um pessoal pra rezar o terço, é, porque se você chamar pra discutir o último livro do Boff, eles não vão, não. Agora, se você chamar pra fazer uma novena pra Nossa Senhora de Fátima, eles vão. E, a partir daí, pedagogicamente, vá trabalhando com os textos bíblicos: aprenda com o material do CEBI, aprenda com o material do Carlos Mesters, se equipe, se prepare, se forma pra fazer esse trabalho pedagógico que um dia fizeram com cada um de nós".
- Em palestra no 11º Encontro Nacional Fé e Política, realizado na cidade do Natal/RN de 12 a 14 de julho de 2019
- Vídeo no YouTube: youtube.com/watch?v=e9Ld-XfNE0c&t=64m15s
  • "Um projeto político verdadeiramente popular só se constrói com princípios éticos inegociáveis".
- citado em "Crítica social", de Brazil ADIA (Rio de Janeiro, ADIA (Rio de Janeiro, Brazil) - 2003, Página 25
  • "No Evangelho, Jesus diz que ninguém tem mais amor do que aquele capaz de morrer pelo próximo. Nesse sentido, Che foi um santo."
- Em artigo sobre Che Guevara publicado no semanário cubano Juventud Rebelde.
- Revista Veja