Abrir menu principal

Francisca Praguer Fróes

Francisca Praguer Fróes
Francisca Praguer Fróes
Francisca Praguer Fróes em outros projetos:

Francisca Praguer Fróes (Cachoeira, 21 de outubro de 1872 — Rio de Janeiro, 1931), foi uma médica e feminista brasileira, uma pioneira em todas as áreas onde atuou: foi das primeiras mulheres formadas em Medicina e também a defender direitos femininos.


  • “A inferioridade da mulher não é fisiológica, nem psicológica; ela é social. Sua escravidão sexual determina sua dependência econômica.”
- Em prol do voto feminino. A Tarde, Salvador, 6/7/1917, como citado em "Outras falas: feminismo e medicina na Bahia (1836-1931)" - página 197, de Elisabeth Juliska Rago, Editora Annablume, 2007, ISBN 8574197238, 9788574197234, 273 páginas
  • “A maternidade é o magno sacrifício da mulher, o seu desdobramento incondicional para a multiplicação da espécie, a santificação do lar num sofrimento contínuo e imensurável”.
- Hygiene e Maternidade. Jornal dos Clínicos, Rio de Janeiro, 1932, como citado em "Outras falas: feminismo e medicina na Bahia (1836-1931)" - página 210, de Elisabeth Juliska Rago, Editora Annablume, 2007, ISBN 8574197238, 9788574197234, 273 páginas
  • “Eu sou feminista por herança e por convicção.”
- como citado em "Outras falas: feminismo e medicina na Bahia (1836-1931)" - página 193, de Elisabeth Juliska Rago, Editora Annablume, 2007, ISBN 8574197238, 9788574197234, 273 páginas