Abrir menu principal
Florbela Espanca
Florbela Espanca
Florbela Espanca em outros projetos:

Florbela Espanca, batizada Flor Bela Lobo (Vila Viçosa, Portugal; 8 de dezembro de 1894 — Foz do Douro, 8 de dezembro de 1930), foi uma poetisa portuguesa. Precursora do movimento feminista em Portugal.


  • Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!
- "Ser Poeta", in Sonetos completos‎ - Página 127, de Florbela Espanca - Publicado por Livraria Gonçalves, 1950 - 203 páginas
  • "Há uma primavera em cada vida
é preciso cantá-la assim florida."
- Charneca em flor: sonetos‎ - Página 30, de Florbela Espanca - Publicado por A. Gonçalves, 1931 - 78 páginas
  • "Quem disser que pode amar alguém pela vida inteira é porque mente".
- Charneca em flor: sonetos‎ - Página 30, de Florbela Espanca - Publicado por A. Gonçalves, 1931 - 78 páginas
  • A lembrança dos teus beijos
Inda na minh'alma existe,
Como um perfume perdido,
Nas folhas dum livro triste.
- do poema "Cantigas leva-as o vento..." [1]
  • Ai as almas dos poetas
Não as entende ninguém;
São almas de violetas
Que são poetas também.
- do poema "Poetas" [2]
  • As almas das poetisas são todas feitas de luz, como as dos astros: não ofuscam, iluminam...
    • Contos – À Margem dum Soneto, "O Dominó Preto"
  • Ponho-me, às vezes, a olhar para o espelho e a examinar-me, feição por feição: os olhos, a boca, o modelado da fronte, a curva das pálpebras, a linha da face... E esta amálgama grosseira e feia, grotesca e miserável, saberia fazer versos? Ah, não! Existe outra coisa... mas o quê? Afinal, para que pensar? Viver é não saber que se vive... Porque me não esqueço eu de viver... para viver?
    • Diário (20 de abril de 1930)
  • Todas as minhas cartas de amor não são mais que a realização da minha necessidade de fazer frases.
    • Diário (16 de julho de 1930)
  • Eu quero amar perdidamente! Amar só por amar aqui... Além nais este e aquele, o outro e toda a gente amar! Amar E não amar ninguém! Recordar? Esquecer? Indiferente!... Prender ou desender é mal é bem? Quem disser que se pode amar alguém durante a vida inteira é por que mente, Há uma primaveira em cada vida: É preciso cantá-la assim florida, pois se deus nos deu voz , foi pra cantar! E se um dia hei de ser pó, cinza e nada que seja a minha noite uma alvorada, que saiba me perder... Pra me encontrar....