Abrir menu principal

Alterações

1 007 bytes adicionados ,  11h06min de 8 de novembro de 2009
sem resumo de edição
*"- Mas porque eles não deveriam se gabar disso tudo?
:- Porque nada impede que eles também não passem de mera imaginação (...) e é perfeitamente possível que outro autor esteja em outro lugar escrevendo um livro sobre o major Albert Knag, que escreve um livro para sua filha Hilde. Este livro se trata de um tal de Albert Knox e Sofia Amundsen".
:- ''O Mundo de Sofia''
 
*"Para muitas pessoas, o mundo é tão incompreensível quanto o coelhinho que um mágico tira de uma cartola que, há poucos instantes, estava vazia.
No caso do coelhinho, sabemos perfeitamente que o mágico nos iludiu. Quando falamos sobre o mundo, as coisas são um pouco diferentes. Sabemos que o mundo não é mentira ou ilusão, pois estamos vivendo nele, somos parte dele. No fundo, somos o coelhinho que é tirado da cartola. A única diferença entre nós e o coelhinho é que ele não sabe que está participando de um truque de mágica. Conosco é diferente. Sabemos que fazemos parte de algo misterioso e gostaríamos de poder explicar como tudo funciona.
PS. Quanto ao coelhinho branco, talvez seja melhor compará-lo com todo o universo. Nós, que vivemos aqui, somos os bichinhos microscópicos que vivem na base dos pêlos do coelho. Mas os filósofos tentam subir da base para a ponta dos finos pêlos, a fim de poder olhar bem dentro dos olhos do grande mágico."
:- ''O Mundo de Sofia''
 
58

edições