Diferenças entre edições de "Ludwig von Mises"

Sem alteração do tamanho ,  01h57min de 4 de maio de 2009
sem resumo de edição
* "A economia se ocupa das ações reais de homens reais. Seus teoremas não se referem a homens perfeitos ou ideais, nem a um mítico homem econômico (homo oeconomicus) e nem à noção estatística de um homem médio (homme moyen). O homem, com todas as suas fraquezas e limitações, o homem tal como vive e age na realidade - eis o objeto dos estudos da cataláxia. Toda ação humana é tema para a praxeologia".
 
* "As pessoas não poupam e acumulam capital porque existe o juro. O juro não é nem o impulso que faz poupar nem a recompensa ou a compensação concedida pela abstenção do consumo imediato. É a relação entre o valor atribuído aos bens presentes e o valor atribuído aos bens futuros".
impulso que faz poupar nem a recompensa ou a compensação concedida pela abstenção do
consumo imediato. É a relação entre o valor atribuído aos bens presentes e o valor atribuído
aos bens futuros".
 
* "Ninguém pode ser chamado para estabelecer o que é necessário para que alguém seja feliz".
Utilizador anónimo