Diferenças entre edições de "Margaret Olwen MacMillan"

1 076 bytes removidos ,  01h00min de 20 de março de 2009
direita
m
(direita)
Vou voltar quando quiser, você não manda em mim. A única contribuição útil que vou fazer, vai ser '''comer a tua mãe'''. Há, há, há.
{{Autor
|Wikisource=
|Wikipedia=Margaret Olwen MacMillan
|Wikicommons=
|Foto=
|Nombre=
|Gutenberg=
|Cervantes=
|DominioPu=
|DomiPubli=
|EbooksG=
|Color=#c0c0c0
}}
[[w:Margaret Olwen MacMillan|'''Margaret Olwen MacMillan''']] ''(Toronto, Ontario, Canadá, [[1943]]) é uma historiadora e professora universitária.''
----
 
* No ínicio, França e Bélgica argumentavam que o dano direto deveria receber prioridade em qualquer distribuição de reparações. No norte francês, altamente industrializado, os alemães levaram tudo o que queriam para o uso própio e destruíram muito do que sobrara. Mesmo batendo em retirada em 1918, as forças alemães encontraram tempo para destruir as minas de carvão mais importantes da França.
:- ''sobre o "Tratado de Versalhes"''
:- ''Fonte: Peacemakers: The Paris Peace Conference of 1919 and Its Attempt to End War (também nomeado Paris 1919: Six Months That Changed the World e Peacemakers: Six Months That Changed the World) por Margaret MacMillan e John Murray [http://pt.wikipedia.org/wiki/Tratado_de_Versalhes#Repara.C3.A7.C3.B5es_e_a_Cl.C3.A1usula_de_Culpa_de_Guerra]''
 
[[Categoria:pessoas]]
[[Categoria:historiadores do Canadá]]
[[Categoria:professores do Canadá]]
Utilizador anónimo