Diferenças entre edições de "Adélia Prado"

189 bytes adicionados ,  00h20min de 15 de fevereiro de 2009
m
fonte
(adição de citação)
m (fonte)
:- ''"Solte os cachorros‎" - Página 92, de Adélia Prado - Publicado por Editora Nova Fronteira, 1979 - 115 páginas''
 
*"Moça feita, li [[Carlos Drummond de Andrade|Drummond]] a primeira vez em prosa. Muitos anos mais tarde, [[Guimarães Rosa]], [[Clarice Lispector|Clarice]]. Esta é a minha turma, pensei. Gostam do que eu gosto. Minha [[felicidade]] foi imensa. Continuava a escrever, mas enfadara-me do meu próprio tom, haurido de fontes que não a minha. Até que um [[dia]], propriamente após a [[morte]] do meu [[pai]], começo a escrever torrencialmente e percebo uma fala minha, diversa da dos autores que amava. É isto, é a minha fala."{{carece de fontes}}
:- ''citado em "Poesia sempre‎", Por Biblioteca Nacional (Brazil). Departamento Nacional do Livro
Publicado por Ministério da Cultura, Fundação Biblioteca Nacional, Departamento Nacional do Livro, 1993''
 
* "Louvado seja, porque eu quero morrer, mas tenho medo, e ainda espero pelo prometido."