Diferenças entre edições de "Douglas Adams"

1 671 bytes adicionados ,  19h49min de 26 de janeiro de 2009
m
fonte
m
m (fonte)
----
 
* "Há uma teoria que indica que sempre que qualquer um descobrir exatamente o que, para que e porque o universo está aqui, o mesmo desaparecerá e será substituído imediatamente por algo ainda mais bizarro e inexplicável... Há uma outra teoria que indica que isto já aconteceu." {{carece de fontes}}
::- ''There is a theory which states that if anybody ever discovers exactly what the Universe is for and why it is here, it will instantly disappear and be replaced by something even more bizarre and inexplicable. There is another theory which states that this has already happened.''
:::- ''O Guia do Mochileiro das Galáxias''
 
* "Há um momento em cada alvorecer quando a luz flutua; lá está a possibilidade de mágica. A criação prende sua respiração."
: ''Life, the Universe and Everything, capítulo 24''
 
* "Sabe-se que há um número infinito de mundos, simplesmente porque há uma quantidade de espaço infinita para que estejam dentro. Entretanto, muitos deles não são habitados. Conseqüentemente, deve haver um número finito de mundos habitados. Todo número finito dividido pela infinidade é tão próximo a nada; como não existe probabilidade de criação, assim, a população média de todos os planetas no universo pode ser dita como zero. Disto segue que a população do universo é também zero, e que alguns povos que você puder encontrar de tempos em tempos são meramente o produto da sua imaginação." {{carece de fontes}}
::- ''It is known that there are an infinite number of worlds, simply because there is an infinite amount of space for them to be in. However, not every one of them is inhabited. Therefore, there must be a finite... Any finite number divided by infinity is as near to nothing as makes no odds, so the average population of all the planets in the Universe can be said to be zero. From this it follows that the population of the whole Universe is also zero, and that any people you may meet from time to time are merely products of a deranged imagination''
:::- ''The Restaurant at the End of the Universe‎ - Página 142, de Douglas Adams - Publicado por Ballantine, 1995, ISBN 0345391810, 9780345391810 - 245 páginas''
 
*"Não é o bastante ver que um jardim é bonito sem ter que acreditar também que há fadas escondidas nele?" - O Guia do Mochileiro das Galáxias
*"Odeio escrever, adoro ter escrito." {{carece de fontes}}
::- ''O Guia do Mochileiro das Galáxias''
 
==Disputadas==
 
*"Odeio escrever, adoro ter escrito." {{carece de fontes}}
::- ''I hate writing, I love having written''
:::- ''atribuído a Douglas Adams, conforme citado em site [http://hitchhikers.movies.go.com/movienews/interview.html The Hitchhiker's Guide to The Galaxy]''
:::- ''atribuído a James Jones, conforme citado em "The Psychology of Writing" - Página 112, de Ronald T. Kellogg - Publicado por Oxford University Press US, 1999, ISBN 0195129083, 9780195129083 - 264 páginas''
:::- ''atribuído a Dorothy Parker, conforme citado em "World Artists 1980-1990: An H.W. Wilson Biographical Dictionary"‎ - Página 103, de Claude Marks - Publicado por H.W. Wilson, 1991, ISBN 0824208277, 9780824208271 - 413 páginas''
 
*"Não é o bastante ver que um jardim é bonito sem ter que acreditar também que há fadas escondidas nele?" - O Guia do Mochileiro das Galáxias
 
[[Categoria:Pessoas]]