Diferenças entre edições de "Stendhal"

1 318 bytes adicionados ,  22h01min de 3 de janeiro de 2009
m
fontes
m (Bot: Adicionando: fa:استاندال)
m (fontes)
----
 
*"Quantas jovens mulheres, exiladas pela moda em suas terras a dez léguas de Paris, terão suspirado esta noite pensando que acontecia na Ópera a primeira representação de A Dama do Lago, uma das obras-primas de Rossini, e que elas não estavam lá. Apresso-me em acalmar seus pesares. Nada no mundo pode ser mais entediante que A Dama do Lago, tal como foi apresentada esta noite ao público de Paris. O que há de curioso é que ele não vaiou; polido demais para isso; até aplaudiu algumas vezes."
 
*"As mulheres muitíssimo belas surpreendem menos no dia seguinte".
 
*"Um pouco de paixão aumenta o espírito, demasiada apaga-o."
::- ''Un peu de passion augmente l'esprit, beaucoup l'éteint.''
:::- ''Vie de Henri Brulard: pub. intégralement pour la première fois d'après les manuscrits de la Bibliothèque de Grenoble‎ - v.2 Página 46, de Stendhal, Henry Debraye - Publicado por H. et É. Champion, 1913''
 
*"Os homens só se compreendem uns aos outros na medida em que os animam as mesmas paixões."
::- ''C'est que les hommes ne se comprennent qu'à mesure qu'ils sont animés des mêmes passions.''
:::- ''Oeuvres de Stendhal‎ - v.28 Página 264, de Stendhal, Henri Martineau - Publicado por Kraus Reprint, 1968''
 
*"Quanto mais forte é um carácter, menos sujeito está à inconstância."
::- ''Plus un caractère est fort, moins il est sujet à l' inconstance.''
:::- ''De l'amour‎ - [http://books.google.com.br/books?id=AGZLfFk6uucC&pg=PA9 Página 9], de Stendhal - Publicado por Michel Lévy frères, 1859 - 367 páginas''
 
*"O amor é um sentimento tão delicioso porque o interesse de quem ama confunde-se com o do amado."
::- ''Pourquoi l'amour est-il un sentiment si délicieux ? C'est que les intérêts de l'
 
a mant et de l'aimée y sont confondus. ''
*"O aborrecimento tira-nos tudo, até a coragem de nos matarmos."
:::- ''Pensées, filosofia nova: Filosofia nova‎ - v.1 Página 171, de Stendhal, Henri Martineau - Publicado por Le Divan, 1931''
 
*"Para um amante, acabaram-se os amigos."
 
*"O amor é o milagre da civilização."
::- ''L'amour est le miracle de la civilisation. ''
:::- ''De l'amour‎ - [http://books.google.com.br/books?id=AGZLfFk6uucC&pg=PA56 Página 56], de Stendhal - Publicado por Michel Lévy frères, 1859 - 367 páginas''
 
*"A maior felicidade que o amor pode dar é o primeiro aperto de mão da mulher que amamos."
 
*"Só temos coragem para com os que amamos amando-os menos."
 
*"O que é um amante? Um instrumento no qual nos esfregamos para ter prazer."
 
*"Qualquer fim moral, quer dizer, de interesse por parte do artista, mata todas as obras de arte."
 
*"Todas as religiões baseiam-se no medo de muitos e na esperteza de poucos."
 
== '''[[w:O vermelho e o negro|O Vermelho E O Negro]]'''==
*"Não tenho 20 luíses de renda por ano e encontrei-me lado a lado com um homem que tem 20 luíses de renda por hora e ainda assim riam dele... Um espetáculo como esse cura a gente da inveja."
:- ''Julien Sorel pensando consigo mesmo, no capítulo IV da segunda parte"
 
==Atribuídas==
{{sem fontes}}
 
*"Quantas jovens mulheres, exiladas pela moda em suas terras a dez léguas de Paris, terão suspirado esta noite pensando que acontecia na Ópera a primeira representação de A Dama do Lago, uma das obras-primas de Rossini, e que elas não estavam lá. Apresso-me em acalmar seus pesares. Nada no mundo pode ser mais entediante que A Dama do Lago, tal como foi apresentada esta noite ao público de Paris. O que há de curioso é que ele não vaiou; polido demais para isso; até aplaudiu algumas vezes."{{carece de fontes}}
 
*"As mulheres muitíssimo belas surpreendem menos no dia seguinte".{{carece de fontes}}
 
*"O aborrecimento tira-nos tudo, até a coragem de nos matarmos."{{carece de fontes}}
 
*"Para um amante, acabaram-se os amigos."
 
*"A maior felicidade que o amor pode dar é o primeiro aperto de mão da mulher que amamos."
 
*"Só temos coragem para com os que amamos amando-os menos."
 
*"O que é um amante? Um instrumento no qual nos esfregamos para ter prazer."
 
*"Qualquer fim moral, quer dizer, de interesse por parte do artista, mata todas as obras de arte."
 
*"Todas as religiões baseiam-se no medo de muitos e na esperteza de poucos."
 
[[Categoria:Pessoas]]