Diferenças entre edições de "Nelson Rodrigues"

3 515 bytes adicionados ,  20h55min de 6 de dezembro de 2008
m
fontes
m (fontes)
m (fontes)
*"Em futebol, o pior cego é o que só vê a bola."
:- ''"O divino delinquente" in: "À sombra das chuteiras imortais: crônicas de futebol", de Nelson Rodrigues, Ruy Castro - Publicado por Companhia das Letras, 1993 ISBN 8571643202, 9788571643208 - 197 páginas, Página 102''
 
*"Não se dá um passo em Álvaro Chaves sem tropeçar numa glória."{{carece de fontes}}
 
*"Deus me livre de ser inteligente".
*"O 'homem de bem' é um cadáver mal informado. Não sabe que morreu."
:- ''A cabra vadia (novas confissões).: (novas confissões). - Página 187, de Nelson Rodrigues - Publicado por Eldorado, 1969 - 344 páginas''
 
*"Todas as mulheres deveriam ter catorze anos."{{carece de fontes}}
 
*"O mineiro só é solidário no câncer"
*"O homem só é feliz pelo supérfluo. No comunismo, só se tem o essencial. Que coisa abominável e ridícula!"
:- ''citado em "As 30 melhores entrevistas de Playboy: agosto 1975-agosto 2005" - Página 132, de Luiz Rivoiro - 2005 - 313 páginas (novembro de 1979)''
 
*"O ouvinte só é respeitoso quando não está entendendo nada."{{carece de fontes}}
 
*"Tudo passa, menos a adúltera. Nos botecos e nos velórios, na esquina e nas farmácias, há sempre alguém falando nas senhoras que traem. O amor bem-sucedido não interessa a ninguém."
*"Nós, da imprensa, somos uns criminosos do adjetivo. Com a mais eufórica das irresponsabilidades, chamamos de "ilustre", de "insigne", de "formidável", qualquer borra-botas."
:- ''"Flor de obsessão as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues Coleção das obras de Nelson Rodrigues: as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues" - página 128, de Nelson Rodrigues, Ruy Castro - Publicado por Companhia das Letras, 1992 - 183 páginas''
 
*"A grande vaia é mil vezes mais forte, mais poderosa, mais nobre do que a grande apoteose. Os admiradores corrompem."{{carece de fontes}}
 
*"O brasileiro não está preparado para ser "o maior do mundo" em coisa nenhuma. Ser "o maior do mundo" em qualquer coisa, mesmo em cuspe à distância, implica uma grave, pesada e sufocante responsabilidade."
 
*"Há na aeromoça a nostalgia de quem vai morrer cedo. Reparem como vê as coisas com a doçura de um último olhar."
:- ''"O remador de Ben-Hur confissões culturais Coleção das obras de Nelson Rodrigues: confissões culturais" - Página 68, de Nelson Rodrigues, Ruy Castro - Publicado por Companhia das Letras, 1996 - 295 páginas (artigos publicados em jornais e revistas brasileiros entre 1957 e 1979)''
 
*"Ou a mulher é fria ou morde. Sem dentada não há amor possível."
:- ''A coroa de orquídeas e outros contos de A vida como ela é--: e outros contos ..., de Nelson Rodrigues, Ruy Castro - Publicado por Companhia das Letras, 1992 ISBN 8571643342, 9788571643345 - 254 páginas''
 
*"O homem não nasceu para ser grande. Um mínimo de grandeza já o desumaniza. Por exemplo: — um ministro. Não é nada, dirão. Mas o fato de ser ministro já o empalha. É como se ele tivesse algodão por dentro, e não entranhas vivas."
:- ''O óbvio ululante: primeiras confissões : crônicas - Página 28, de Nelson Rodrigues, Ruy Castro - Publicado por Companhia das Letras, 1993 ISBN 857164294X, 9788571642942 - 303 páginas''
 
*"Está se deteriorando a bondade brasileira. De quinze em quinze minutos, aumenta o desgaste da nossa delicadeza."
:- ''O óbvio ululante: primeiras confissões : crônicas - Página 298, de Nelson Rodrigues, Ruy Castro - Publicado por Companhia das Letras, 1993 ISBN 857164294X, 9788571642942 - 303 páginas''
 
*"O boteco é ressoante como uma concha marinha. Todas as vozes brasileiras passam por ele."
:- ''"Flor de obsessão as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues Coleção das obras de Nelson Rodrigues: as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues" - página 29, de Nelson Rodrigues, Ruy Castro - Publicado por Companhia das Letras, 1992 - 183 páginas''
 
*"A mais tola das virtudes é a idade. Que significa ter quinze, dezessete, dezoito ou vinte anos? Há pulhas, há imbecis, há santos, há gênios de todas as idades."
:- ''"Flor de obsessão as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues Coleção das obras de Nelson Rodrigues: as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues" - página 84, de Nelson Rodrigues, Ruy Castro - Publicado por Companhia das Letras, 1992 - 183 páginas''
 
*"Outro dia ouvi um pai dizer, radiante: — 'Eu vi pílulas anticoncepcionais na bolsa da minha filha de doze anos!'. Estava satisfeito, com o olho rútilo. Veja você que paspalhão!"
 
*"O artista tem que ser gênio para alguns e imbecil para outros. Se puder ser imbecil para todos, melhor ainda."
:- ''"Flor de obsessão as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues Coleção das obras de Nelson Rodrigues: as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues" - página 18, de Nelson Rodrigues, Ruy Castro - Publicado por Companhia das Letras, 1992 - 183 páginas''
 
*"Acho a velocidade um prazer de cretinos. Ainda conservo o deleite dos bondes que não chegam nunca."
:- ''"Flor de obsessão as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues Coleção das obras de Nelson Rodrigues: as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues", de Nelson Rodrigues, Ruy Castro - Publicado por Companhia das Letras, 1992 - 183 páginas''
 
*"Chegou às redações a notícia da minha morte. E os bons colegas trataram de fazer a notícia. Se é verdade o que de mim disseram os necrológios, com a generosa abundância de todos os necrológios, sou de fato um bom sujeito."
:- ''"Flor de obsessão as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues Coleção das obras de Nelson Rodrigues: as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues" - página 111, de Nelson Rodrigues, Ruy Castro - Publicado por Companhia das Letras, 1992 - 183 páginas''
 
*"Todo amor é eterno. E se acaba, não era amor".
:- ''Memórias - Página 62, de Nelson Rodrigues - Publicado por Edições Correio de Manhã, 1967''
 
*"A fidelidade devia ser facultativa".
:- ''A menina sem estrela: memórias, de Nelson Rodrigues, Ruy Castro - Publicado por Companhia das Letras, 1992 ISBN 8571643547, 9788571643543 - 279 páginas, Página 157''
 
*"Amar é ser fiel a quem nos trai".
:- ''Teatro quase completo - Página 440, de Nelson Rodrigues - Publicado por Tempo Brasileiro, 1965''
 
*"O casamento é o máximo da solidão com a mínima privacidade."
 
*"O importante é o casamento."
:- ''O casamento, de Nelson Rodrigues - Publicado por Ediouro Publicações, 2006 ISBN 8522007470, 9788522007479 - 269 páginas''
 
*"O Fluminense é o único time tricolor do mundo. O resto são só times de três cores".
 
*"O Fla-Flu surgiu quarenta minutos antes do nada".
 
*"No dia da inauguração do paraíso, houve um FLA-FLU de portões abertos, e escorria gente pelas paredes"
 
*"Tricolores:vivos ou mortos, saiam de suas casas ou tumbas. Chegou a grande hora"
:- ''O profeta tricolor: cem anos de Fluminense : crônicas - Página 172, de Nelson Rodrigues, Nelson Rodrigues Filho - Publicado por Companhia das Letras, 2002 - 235 páginas''
 
*"O brasileiro é um feriado."
:-''"O óbvio ululante" - página 71, de Nelson Rodrigues - Publicado por Liv. Eldorado, 1968 - 329 páginas''
:-''Fonte: [http://www.link.estadao.com.br/index.cfm?id_conteudo=6732 Analfabeto digital] por Ricardo Anderáos.
 
*"A mediocridade, além de numerosa, é solidária."
 
*"Eu, como artista, se tivesse de escolher um epitáfio, optaria pelo seguinte: - 'Aqui jaz Nelson Rodrigues, assassinado pelos imbecis de ambos os sexos'".
:- ''"Flor de obsessão as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues Coleção das obras de Nelson Rodrigues: as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues" - página 56, de Nelson Rodrigues, Ruy Castro - Publicado por Companhia das Letras, 1992 - 183 páginas''
 
*"As feministas querem reduzir a mulher a um macho mal-acabado".
:- ''"Flor de obsessão as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues Coleção das obras de Nelson Rodrigues: as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues" - página 62, de Nelson Rodrigues, Ruy Castro - Publicado por Companhia das Letras, 1992 - 183 páginas''
 
*"O subdesenvolvimento não se improvisa, é uma conquista de séculos."
 
*"O homem começou a própria desumanização quando separou o sexo do amor."
:- ''O reacionário: memórias e confissões - Página 370, de Nelson Rodrigues - Publicado por Editora Record, 1977 - 526 páginas''
 
==Atribuídas==
{{sem fontes}}
 
*"Não se dá um passo em Álvaro Chaves sem tropeçar numa glória."{{carece de fontes}}
 
*"Todas as mulheres deveriam ter catorze anos."{{carece de fontes}}
 
*"O ouvinte só é respeitoso quando não está entendendo nada."{{carece de fontes}}
 
*"A grande vaia é mil vezes mais forte, mais poderosa, mais nobre do que a grande apoteose. Os admiradores corrompem."{{carece de fontes}}
 
*"Outro dia ouvi um pai dizer, radiante: — 'Eu vi pílulas anticoncepcionais na bolsa da minha filha de doze anos!'. Estava satisfeito, com o olho rútilo. Veja você que paspalhão!"{{carece de fontes}}
 
*"O casamento é o máximo da solidão com a mínima privacidade."{{carece de fontes}}
 
*"O Fluminense é o único time tricolor do mundo. O resto são só times de três cores".{{carece de fontes}}
 
*"O Fla-Flu surgiu quarenta minutos antes do nada".{{carece de fontes}}
 
*"No dia da inauguração do paraíso, houve um FLA-FLU de portões abertos, e escorria gente pelas paredes"{{carece de fontes}}
 
*"A mediocridade, além de numerosa, é solidária."{{carece de fontes}}
 
*"O subdesenvolvimento não se improvisa, é uma conquista de séculos."{{carece de fontes}}
 
*"- Nelson, Quais seriam as suas últimas palavras?
:- Que boa besta era o Marx!" (Em entrevista a Otto Lara Resende){{carece de fontes}}
 
*"Amar a humanidade é fácil; difícil é amar o próximo"{{carece de fontes}}
 
[[Categoria:Pessoas]]