Diferenças entre edições de "Castro Alves"

107 bytes adicionados ,  21h58min de 28 de novembro de 2008
m
fontes
m (clean up AWB)
m (fontes)
| Cor = #c0c0c0
}}
[[w:Castro Alves|Antônio Frederico de '''Castro Alves''']] (perto de Curralinho, Bahia, [[14 de Março]] de [[1847]] - Salvador, Bahia, [[6 de Julho]] de [[1871]]) foi escritor e poeta brasileiro.
----
 
:Não rias, prendi-me
:Num laço de fita.
::- ''O Laço de Fita''
 
* "Livros... livros à mão-cheia / e manda o povo pensar."
::- ''O Livro e a América''
 
==Bandido Negro==
 
*Trema a terra de susto aterrada...
:Porque o negro bandido é quem passa,
:Porque o negro bandido bradou:
::- ''Bandido negro''
 
*Cai, orvalho de sangue do escravo,
:resce, cresce, seara vermelha,
:resce, cresce, vingança feroz.
::- ''Bandido negro''
 
* "Livros... livros à mão-cheia / e manda o povo pensar."
 
* "Cresce, cresce, seara vermelha, / cresce, cresce, vingança feroz."
::- ''Bandido negro''
 
[[Categoria:Pessoas]]
[[Categoria:Poetas]]
[[Categoria:Escritores do Brasil]]
[[Categoria:Brasileiros]]
[[Categoria:Poetas do Brasil]]