Diferenças entre edições de "Paul Valéry"

606 bytes adicionados ,  13h30min de 14 de novembro de 2008
m
sem resumo de edição
m (clean up AWB)
m
| Wikipedia = Paul Valéry
| Wikicommons =
| Gutenberg =
| Cervantes =
| DominioPu =
| Cor = #c0c0c0
}}
[[w:Paul Valéry|Ambroise-'''Paul'''-Toussaint-Jules '''Valéry''']] ''([[30 de outubro]] de [[1871]], em Sète – [[20 de julho]] de [[1945]], em Paris) foi um filósofo, escritor e poeta francês, da escola simbolista. Seus escritores incluem interesses em matemática, filosofia e música.''
----
 
* "Os maus [[pensamento]]s vêm do [[coração]]".
*"Sabe qual a definição da beleza? É fácil: é tudo aquilo que desespera!
:- ''Les vilaines pensées viennent du cœur.''
::- ''Œuvres I (1941), Paul Valéry, éd. Gallimard, coll. Bibliothèque de la Pléiade, 1957, chap. Instants, p. 376''
 
==Atribuídas==
*"Agradar a si mesmo é orgulho; aos demais, vaidade."
{{sem fontes}}
 
*"Sabe qual a definição da beleza? É fácil: é tudo aquilo que desespera!{{carece de fontes}}
*"Elegância é a arte de não se fazer notar, aliada ao cuidado sutil de não se deixar distinguir."
 
*"Agradar a si mesmo é orgulho; aos demais, vaidade."{{carece de fontes}}
*"Os homens se diferenciam pelo que mostram, e se parecem pelo que escondem."
 
*"Elegância é a arte de não se fazer notar, aliada ao cuidado sutil de não se deixar distinguir."{{carece de fontes}}
*"A história é o mais perigoso produto jamais preparado pela química do intelecto. Provoca sonhos, inebria as nações, sobrecarrega-as com falsas reminiscências."
 
*"Os homens se diferenciam pelo que mostram, e se parecem pelo que escondem."{{carece de fontes}}
*“Peça desculpas quando agir bem; nada fere tanto.”
 
*"A história é o mais perigoso produto jamais preparado pela química do intelecto. Provoca sonhos, inebria as nações, sobrecarrega-as com falsas reminiscências."{{carece de fontes}}
* "Cada gota de silêncio é a chance para que um fruto venha a amadurecer".
 
*“Peça desculpas quando agir bem; nada fere tanto.”{{carece de fontes}}
* "Duas coisas ameaçam o mundo: A ordem e a desordem".
 
* "Cada gota de silêncio é a chance para que um fruto venha a amadurecer".{{carece de fontes}}
* "O homem sério tem poucas idéias. Um homem de idéias nunca é sério."
 
* "Duas coisas ameaçam o mundo: A ordem e a desordem".{{carece de fontes}}
* "Elegância é a arte de não se fazer notar, aliada ao cuidado subtil de se deixar distinguir".
 
* "Um grandeO homem ésério aqueletem quepoucas morre duas vezesidéias. Primeiro, comoUm homem; ede depois,idéias comonunca grandeé homemsério.".{{carece de fontes}}
 
* "Elegância é a arte de não se fazer notar, aliada ao cuidado subtil de se deixar distinguir". {{carece de fontes}}
*"Verdadeiramente bom só é o homem que nunca censura os outros pelos males que lhe acontecem".
 
*"Um grande homem é aquele que morre duas vezes. Primeiro, como homem; e depois, como grande homem".{{carece de fontes}}
*"O homem é absurdo por aquilo que busca, grande por aquilo que encontra".
 
*"Verdadeiramente bom só é o homem que nunca censura os outros pelos males que lhe acontecem".{{carece de fontes}}
*"É cómodo cortar ou coroar uma cabeça, mas, pensando bem, torna-se ridículo. Isso é acreditarmos que essa cabeça encerra em si uma causa primeira".
 
*"O homem é absurdo por aquilo que busca, grande por aquilo que encontra".{{carece de fontes}}
*"Um chefe é um homem que precisa dos outros".
 
*"É cómodo cortar ou coroar uma cabeça, mas, pensando bem, torna-se ridículo. Isso é acreditarmos que essa cabeça encerra em si uma causa primeira".{{carece de fontes}}
*"Um homem competente é um homem que se engana segundo as regras".
 
*"Um chefe é um homem que precisa dos outros".{{carece de fontes}}
*"A meditação é um vício solitário que cava no aborrecimento um buraco negro que a tolice vem preencher".
 
*"Um homem competente é um homem que se engana segundo as regras".{{carece de fontes}}
* "A Dança é, na minha opinião, muito mais do que um exercício, um divertimento, um ornamento, um passatempo social; na verdade, é uma coisa até séria e, sob certo aspecto, mesmo, uma coisa sagrada. Cada era que compreendeu a importância do corpo humano, ou que, pelo menos, teve a noção sensorial de sua estrutura, de seus requisitos, de suas limitações e da combinação de genialidade que lhe são inerentes, cultivou, venerou a Dança".
 
*"A meditação é um vício solitário que cava no aborrecimento um buraco negro que a tolice vem preencher".{{carece de fontes}}
 
* "A Dança é, na minha opinião, muito mais do que um exercício, um divertimento, um ornamento, um passatempo social; na verdade, é uma coisa até séria e, sob certo aspecto, mesmo, uma coisa sagrada. Cada era que compreendeu a importância do corpo humano, ou que, pelo menos, teve a noção sensorial de sua estrutura, de seus requisitos, de suas limitações e da combinação de genialidade que lhe são inerentes, cultivou, venerou a Dança".{{carece de fontes}}
 
[[Categoria:Pessoas]]
[[Categoria:escritores da França]]
[[Categoria:poetas da França]]
[[Categoria:Franceses]]
 
[[bg:Пол Валери]]