Abrir menu principal

Alterações

229 bytes adicionados, 14h23min de 22 de agosto de 2008
m
sem resumo de edição
{{Autor
| Nome = Ignacio Manuel Altamirano
|Wikisource=
|Wikipedia Foto = Ignacio Manuel Altamirano.jpg
| Wikisource =
|Wikicommons=
| Wikipedia = Ignacio Manuel Altamirano
|Foto=
| Wikicommons =
|Nombre=
| Gutenberg =
| Cervantes =
| DominioPu =
| DomiPubli =
| EbooksG =
|Color Cor = #c0c0c0
}}
[[w:Ignacio Manuel Altamirano|'''Ignacio Manuel Altamirano''']] ''(Tixtla, Guerrero, México, [[13 de novembro]] de [[1834]] - Italia, [[13 de fevereiro]] de [[1893]]). Escritor, jornalistas, maestro e político mexicano.''
----
 
* Nada é tão importante como o assento da [[verdade]].
 
* Nada existe que possa se dar [[valor]] como à [[justiça]]. A [[força]] só tem um valor artificial.
 
* Nada é tã vazio como um [[cérebro]] cheio de si mesmo.
 
* Nada é tão harmonioso como o elogio que foi merecido.
 
* A [[ingratidão]] é o [[preço]] do favor não merecido.
 
[[Categoria:pessoas]]
 
[[es:Ignacio Manuel Altamirano]]
[[nl:Ignacio Manuel Altamirano]]