Diferenças entre edições de "Oscar Niemeyer"

24 bytes adicionados ,  14h19min de 5 de agosto de 2008
m
sem resumo de edição
m
m
*"Eu não dou a menor importância a [[dinheiro]]. Nem à própria [[vida]]. A vida é um sopro, um minuto. A gente, nasce, morre. O ser humano é um ser completamente abandonado..."
 
*"O [[trabalho]] me distrai. Na minha idade a gente não pode ficar desocupado, que só pensa besteira." (''aos 93 anos'')
:- (''aos 93 anos'')
 
*"A vida nos leva pra onde ela quer. Cada um vem, escreve sua historinha e vai embora. Não vejo segredo em levar a vida".<ref>http://g1.globo.com/Noticias/PopArte/0,,MUL195211-7084,00.html</ref>
 
*"Centenário é o cacete"
*"Centenário é o cacete":- (''a respeito de 100º aniversário para a revista Domingo, do Jornal do Brasil'') <ref>http://revistadasemana.abril.com.br/edicoes/16/doquesefala/materia_doquesefala_263831.shtml</ref>
 
==Referências==
<references/>
 
[[Categoria:Arquitetos]]
[[Categoria:Pessoas]]
[[Categoria:BrasileirosArquitetos do Brasil]]
 
[[de:Oscar Niemeyer]]