Diferenças entre edições de "Chico Xavier"

7 bytes adicionados ,  03h49min de 19 de julho de 2008
sem resumo de edição
----
 
* “O Cristo não pediu muita coisa, não exigiu que as pessoas escalassem o Everest ou fizessem grandes sacrifícios. Ele só pediu que nos amássemos uns aos outros.” (BACCELIBACCELLI, Carlos. O Evangelho de Chico Xavier. São Paulo: Didier, 2000, p. 109)
 
* “Se eu fosse esperar melhores condições espirituais para servir, até o presente momento eu não teria começado.” (BACCELIBACCELLI, Carlos. O Evangelho de Chico Xavier. São Paulo: Didier, 2000, p. 151)
 
* “Uma das mais belas lições que tenho aprendido com o sofrimento: Não julgar, definitivamente não julgar a quem quer que seja.”(BACCELIBACCELLI, Carlos. O Evangelho de Chico Xavier. São Paulo: Didier, 2000, p. 151)
 
* “Em qualquer lugar, em qualquer circunstância, do jeito que estivermos, por fora e por dentro de nós mesmos, Jesus nos aceitará na condição de seus cooperadores na obra do Evangelho.” (BACCELIBACCELLI, Carlos. O Evangelho de Chico Xavier. São Paulo: Didier, 2000, p. 144)
 
* “Lágrima não substitui suor; pelo menos, em mim nunca substituiu... Quando acabo de chorar, estou na mesma situação.” (BACCELIBACCELLI, Carlos. O Evangelho de Chico Xavier. São Paulo: Didier, 2000, p. 72)
 
* “Não me sinto insubstituível... Não passo de grama que cresce no chão; quando a grama morre, nasce outra no lugar...” .”(BACCELIBACCELLI, Carlos. O Evangelho de Chico Xavier. São Paulo: Didier, 2000, p. 133)
 
* “O espírito que adquirir a virtude do perdão não achará dificuldade em mais nada. Haja o que houver, aconteça o que acontecer, ele saberá administrar sua vida...” (BACCELIBACCELLI, Carlos. O Evangelho de Chico Xavier. São Paulo: Didier, 2000, p. 117)
 
*"Eu permito a todos serem como quiserem, e a mim como devo ser."
Utilizador anónimo