Diferenças entre edições de "O Sobrinho do Mago"

870 bytes adicionados ,  01h15min de 16 de julho de 2008
em progresso...
(em progresso...)
(em progresso...)
* ". Sendo assim, acho que os velhos contos de fada são todos mais ou menos verdadeiros. E o senhor não passa de um bruxo cruel como os que existem nos contos. Escute então: nunca soube de um bruxo que não acabasse pagando por sua maldade no final da história. É só."
:- ''Digory antes de partir.''
 
==Capítulo 3: Um Bosque entre Dois Mundos==
 
*"Tio André e o estúdio sumiram imediatamente. Por um momento tudo ficou turvo. Digory conseguiu ver uma suave luz verde vindo de cima e a escuridão embaixo. Não parecia estar apoiado em coisa alguma. Nada lhe tocava, aparentemente."
:- ''Viagem de Digory após tocar o anel amarelo''
 
*"Estava à beira de um pequeno lago com uns três metros de largura, cercado por um bosque.(...) Não é possível imaginar bosque mais calmo. Não havia pássaros, nem insetos, nem bichos, nem vento. Quase se podia sentir as árvores crescendo. O lago de onde acabara de sair não era o único. Eram muitos, todos bem próximos uns dos outros. Tinha-se a impressão de ouvir as árvores bebendo água com suas raízes. Mais tarde, sempre que tentava descrever esse bosque, Digory dizia: "Era um lugar rico: rico como um panetone."
 
==Diálogos==
129

edições