Diferenças entre edições de "O Sobrinho do Mago"

1 486 bytes adicionados ,  02h03min de 15 de julho de 2008
em progresso...
(em progresso...)
'''[[w:pt:O Sobrinho do Mago|O Sobrinho do Mago]]''' ''([[1955]]) é o sexto livro publicado. Porém, o primeiro na ordem cronológica da série [[As Crônicas de Nárnia]].''
----
==Capítulo 1: A Porta Errada==
 
* "O que aqui se conta aconteceu há muitos anos, quando vovô ainda era menino. É uma história da maior importância, pois explica como começaram as idas e vindas entre o nosso mundo e a terra de Nárnia."
:- ''Início''
:- ''Polly toca o anel''
 
==Capítulo 2: Um Diálogo Estranho==
 
* "Homens como eu, conhecedores da sabedoria oculta, não estão amarrados a essas regras vulgares... do mesmo modo como estamos distanciados dos prazeres vulgares. Nosso destino, meu filho, é solitário, mas está acima de tudo."
:- ''Tio André ao contar que não tinha cumprido uma promessa à sua madrinha.''
 
* ". Sendo assim, acho que os velhos contos de fada são todos mais ou menos verdadeiros. E o senhor não passa de um bruxo cruel como os que existem nos contos. Escute então: nunca soube de um bruxo que não acabasse pagando por sua maldade no final da história. É só."
:- ''Digory antes de partir.''
 
==Diálogos==
 
* '''Tio André''': A caixa da Atlântida continha certa coisa que fora trazida de outro mundo, quando o nosso mundo mal começava!...
 
* '''Digory''': Que coisa?
 
* '''Tio André''': Pó. Pó fininho, pó seco. Nada de entusiasmar. Nada que valesse tanto trabalho – é o que você deve estar achando. Ah, mas quando vi aquele pó (tive o cuidado de não tocar nele) e pensei que cada grãozinho ali já estivera em outro mundo... Não estou falando de outro planeta, pois os planetas fazem parte do nosso mundo... Estou falando de outro mundo mesmo – uma outra natureza, um outro universo –, um lugar onde você jamais chegaria, mesmo que viajasse eternamente através do espaço deste nosso universo... Um mundo que só poderia ser alcançado através da magia! Bem...
 
[[categoria:Livros]]
129

edições