Diferenças entre edições de "Olavo de Carvalho"

312 bytes removidos ,  14h41min de 4 de junho de 2008
 
* "Astrólogo por ofício, já que escreveu três ou quatro livros de astrologia, que curiosamente prefere nem mais citar em sua bibliografia. Aliás, o 'filósofo' parece ter desistido de definir-se como astrólogo, pois em seus créditos já não acrescenta o antigo ofício. Quando a profissão é infamante, melhor declarar-se bailarina."
:- ''[[Janer Cristaldo]], jornalista, ''Quem financia o astrólogo?'', 28/01/2008.
 
* "Escrevo um longo texto não para debater com Olavo, pois isso parece impossível, mas sim para expor o que está por trás de sua postura arrogante e desequilibrada: a desonestidade intelectual. Não dá para esperar muito de quem afirma que Sir Newton espalhou o vírus da burrice pelo Ocidente." :- ''[[Rodrigo Constantino]], jornalista e economista, ''A desonestidade de Olavo'', 15/02/2007.
 
* "Quando apanhado em erro, finge que não é com ele e muda de assunto. Imagino que suas grosserias agradem alguns, mas rudeza é o truque que o fraco usa para imitar os fortes". :- ''[[José Colucci Jr.]], jornalista e engenheiro, ''O fantasma de Darwin (2)'', 05/10/2004.
 
* "Devemos passar por cima das grosserias de Olavo de Carvalho e, cuidando para que elas não nos sujem a sola dos sapatos, levar a discussão para o terreno onde as suas deficiências são patentes: o das idéias". :- ''[[José Colucci Jr.]], jornalista e engenheiro, ''O fantasma de Darwin (2)'', 05/10/2004.
 
 
Utilizador anónimo