Sofrimentos do Jovem Werther, Os: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
Sem resumo de edição
Sem resumo de edição
 
* "Acontece com a distância o mesmo que acontece com o futuro: um todo imenso, e como que envolvido por uma neblina, estende-se diante da nossa alma; nosso coração ali mergulha e se perde, da mesma forma que nossos olhos, e ardentemente aspiramos a nos abandonar por completo, deixando-nos impregnar de um sentimento único, sublime, delicioso... No entanto, pobres de nós, quando lá chegamos e vemos que nada mudou: encontramo-nos tão pobres, tão limitados como antes, e nossa alma suspira pela felicidade que lhe fugiu."
 
* "Wilhelm, que seria do nosso coração em um mundo inteiro sem amor? O mesmo que uma lanterna mágica apagada! Assim que se põe lá uma lâmpada, imagens de todas as cores surgem na tela branca... E mesmo se fosse apenas isso - fantasmas -, ainda assim continuará fazendo a nossa felicidade, sempre que nos postarmos diante deles, como crianças extasiadas com aquelas aparições maravilhosas!"
 
* "Tudo nos falta quando faltamos a nós próprios."
 
* "Deus do céu, que tantos dons me concedeu, por que não ficou com uma parte, concedendo-me em lugar deles, a confiança em mim mesmo e o contentamento de espírito?"
 
* "Digam o que quiserem sobre a independência: gostaria, no entanto, de ver alguém capaz de ouvir, sem dar importância, o que dizem os patifes a seu respeito."
 
* "De resto, ele gosta mais da minha inteligência e dos meus talentos do que do meu coração, o qual, todavia, é a única coisa de que me envaideço: fonte da minha força, da minha felicidade e de todo o meu sofrimento. Ah! O que eu sei, todos podem saber; meu coração, porém, só a mim pertence."
 
 
189

edições