Diferenças entre edições de "Rita Lee"

35 bytes adicionados ,  17h31min de 27 de dezembro de 2007
sem resumo de edição
|Color=#c0c0c0
}}
[[w:Rita Lee|'''Rita Lee''' Jones Carvalho]] ''([[São Paulo (cidade)|São Paulo]], SP, [[31 de dezembro]] de 1947), cantora, compositora e instrumentista brasileira.''
-------
 
 
*"Rockeiro [[brasileiro]] sempre teve cara de [[bandido]]".
 
 
*"O [[Rock]] é planetário. Eu falo em português, o [[Rock]] é um filtro do [[Brasil]]. Quanto mais me conheço, melhor o mundo fica. Gosto mesmo é de chupar o dedão! Tenho chupeta e mamadeira."
 
*"Havia muitas reclamações por eu ser [[mulher]], descendente de estrangeiros, por ter olhos azuis, por ser roqueira, me tratavam como um inimigo! Chegava a sair em matérias que Rita Lee era americana de nascimento! Por que nunca reclamaram do sobrenome do [[Ernesto Geisel|Geisel]], do [[Shigeaki Ueki]]? Os dois não são estrangeiros? Agora, nesse país música é uma coisa sagrada, diziam que eu estava fora da realidade por usar guitarra elétrica, que era uma alienação. Afinal eu sou paulista, mistura de americano e italiano, essa história de estrangeiro me encheu!"
 
*"Havia muitas reclamações por eu ser [[mulher]], descendente de estrangeiros, por ter olhos azuis, por ser roqueira, me tratavam como um inimigo! Chegava a sair em matérias que Rita Lee era americana de nascimento! Por que nunca reclamaram do sobrenome do [[Geisel]], do [[Shigeaki Ueki]]? Os dois não são estrangeiros? Agora, nesse país música é uma coisa sagrada, diziam que eu estava fora da realidade por usar guitarra elétrica, que era uma alienação. Afinal eu sou paulista, mistura de americano e italiano, essa história de estrangeiro me encheu!"
 
 
*"Quem sabe faz, quem não sabe ensina. Quem não sabe ensinar, ensina a ensinar. Quem não sabe ensinar a ensinar, vira crítico".
:- ''Citando [[Bernard Shaw]]''
 
 
*"Enquanto o tempo vai passando, eu fico loucamente séria. Quem me dera ser e não ser."
 
 
*"No ano 2020 eu vou ter o quê? 72, 73 anos. Vai ser tudo igual, tudo, tudo igual."
 
 
* "E o [[Lula]], gente? Continua fofinho, mas o bando que o cerca..."
:- ''comentando o governo do presidente Lula diante de uma platéia de empresários e autoridades''
 
 
* "Moramos em casas separadas desde que Roberto parou de se drogar e eu continuei"
:- ''casada há 30 anos com [[Roberto de Carvalho]], no programa "[[Marília Gabriela]] Entrevista"''
 
 
* "Desconfio de revivals, parece um bando de [[velhice|velhinhos]] espertos tentando descolar grana para pagar seus geriatras."
:- ''Sobre o retorno do grupo Mutantes''
:- ''Fonte: Revista VEJA, Edição 1966, de 26 de julho de 2006''
 
 
* “Era a mesma [[história]] sempre. Ia parar no [[hospital]], achavam que era [[suicídio]] mas não era, era [[overdose]] mesmo. Depois que minha neta nasceu e vivi esse repeteco de [[filho]], fiquei tão careta e decidi: não quero mais, chega!”
:- ''Quando disse que parou de usar [[drogas]]''
:- ''Fonte: Revista ISTO É Gente, [http://www.terra.com.br/istoegente/376/frases/index.htm Edição 376], de Novembro de 2006.''
 
 
* "Eu não poria a mão no fogo por mim'
:- "''Em entrevista ao programa Irritando Fernando Young"''