Diferenças entre edições de "Marguerite Duras"

110 bytes adicionados ,  15h12min de 1 de abril de 2007
sem resumo de edição
m (Bot: Adicionando: bs, fr, it, pl)
----
 
*"Posso dizer o que quiser, nunca saberei o motivo pelo qual se escreve, nem como não se escreve"."
 
*"Escrever é também não falar. É calar-se. É gritar sem fazer ruído"."
*"Posso dizer o que quiser, nunca saberei o motivo pelo qual se escreve, nem como não se escreve".
 
*"Donde pode nascer o amor? Talvez de uma súbita falha do universo, talvez de um erro, nunca de um ato de vontade"."
*"Escrever é também não falar. É calar-se. É gritar sem fazer ruído".
 
*"Caminhais em direção da solidão. Eu, não, eu tenho os livros"."
*"Donde pode nascer o amor? Talvez de uma súbita falha do universo, talvez de um erro, nunca de um ato de vontade".
 
*"Caminhais em direção da solidão. Eu, não, eu tenho os livros".
 
*"Se não se passou pela obrigação absoluta de obedecer ao desejo do corpo, isto é, se não se passou pela paixão, nada se pode fazer na vida".
 
*"Se não se passou pela obrigação absoluta de obedecer ao desejo do corpo, isto é, se não se passou pela paixão, nada se pode fazer na vida"."
 
*"Os homens gostam das mulheres que escrevem. Mesmo que não o admitam. Uma escritora é um país estrangeiro."
 
[[Categoria:Pessoas]] [[categoria: escritores da França]] [[categoria:cineastas da França]]
Utilizador anónimo