Diferenças entre edições de "Citações equivocadas"

832 bytes adicionados ,  12h50min de 19 de outubro de 2006
sem resumo de edição
 
 
*"'''esqueçam o que eu disse; esqueçam o que eu escrevi'''" - supervalorizando sua "obra" e justificando a diferença entre seu discurso no passado e seu governo.
**:- ''Esta frase tem origem duvidosa. Numa [https://www.planalto.gov.br/publi_04/COLECAO/PRO971.HTM entrevista ] FHC questionou a origem da frase.
**:-''"(...) «Esta frase que eu teria dito: "Esqueçam tudo que eu escrevi", eu nunca disse a ninguém. Já perguntei um milhão de vezes: a quem eu disse, onde foi que eu disse, quando? Essa é uma frase montada para me embaraçar. Acontece exatamente o contrário: o que eu escrevi dentro das condições da época, tem bastante validade. Houve uma evolução, em alguns pontos, mas a maneira básica de encarar o mundo continua a mesma.» (...)''
:- ''Entrevista concedida pelo Presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, ao jornal O Globo do dia 24/8/1997. Rio de Janeiro, RJ – 24/8/1997"''
 
 
 
* '''"O [[Brasil]] é um país que não deve ser levado à sério."'''
**:''Frase atribuída ao general, mas de origem negada por historiadores. Eles dizem que a frase é do embaixador brasileiro na França, Carlos Alves de Souza, dita ao jornalista Luiz Edgar de Andrade, na época correspondente do "Jornal do Brasil" em Paris. Depois de discutir com De Gaulle a "guerra da lagosta", em 1962, quando barcos franceses pescavam o crustáceo na costa brasileira, Souza relatou a Edgar o encontro dizendo-lhe que falaram sobre o samba carnavalesco "A lagosta é nossa", das caricaturas que faziam dele (De Gaulle), terminando a conversa assim: "Edgar, le Brésil n'est pas un pays sérieux". O jornalista mandou o despacho para o jornal e a frase acabou outorgada a De Gaulle.'' [http://www.raulsartori.com.br/index.php]
 
 
* "'''Beam me up, Scotty'''"
Utilizador anónimo