Robert Taylor: diferenças entre revisões

54 bytes adicionados ,  13 de outubro de 2006
sem resumo de edição
Sem resumo de edição
Sem resumo de edição
'''[[N:Robert Taylor|Spangler Arlinghton Brugh]]''' (05 de agosto de 1911 - 08 de junho de 1969)
 
PopularRobert atorTaylor foi um dos mais populares atores norte americano dedo cinema da década de 30, 40 e 50. Trabalhou em mais de 70 filmes, interpretando, geralmente, galãs(é considerado um dos atores mais bonitos que Hollywood já teve). Entre seus filmes de maior destaque estão ''A Dama das Camélias''(1936), ''A Ponte de Warteloo''(1941), ''Quo Vadis''(1951), e ''Ivanhoé''(1952). Embora conhecesse a limitação de suas atuações, Bob(como era conhecido)era tido como um profissional disciplinado, e sua vida foi livre de escândalos. Foi casado com a atriz Barbara Stanwyck, entre 1939 a 1951. Robert Taylor faleceu de câncer, no dia 8 de junho de 1969, aos 57 anos.
----
 
*''Trabalhar com ela foi uma experiência mágica. Eu era apenas um jovem e inexperiente rapaz de 25 anos, e ela estava com seus 31, e em plena florescência, e já uma lenda do cinema. Algumas pessoas disseram que minha atuação em "Camillie"('''A Dama das Camélias''')é a melhor de todas, e se for verdade mesmo, devo agradecer a ela e a George Cukor. Não se pode trabalhar com uma mulher como aquela sem captar um lampejo dela, e Cukor é um mestre em extrair o melhor de um ator''.
 
Robert Taylor, em declaração asobre sua colega Greta Garbo e ooo diretor George Cukor, sobre o filme "A Dama das Camélias".
 
 
*''Ela era ardente, talvez um pouco assanhada, mas profundamente gentil, longe de ser aquele monstro que alguns jornalistas fizeram dela''
 
Robert Taylor, em declaração asobre sua colega, a atriz Jean Harlow(a 1ª loura platinada de Hollywood), em entrevista concedida em 1957.
 
*''Robert Taylor era o homem mais bonito do mundo, e além do mais, personificava talvez o último galã, o amoroso perfeito e bem amado de todas as mulheres, num tipo que o cinema moderno não produz mais hoje em dia''.
Utilizador anónimo