Diferenças entre edições de "Morte"

95 bytes removidos ,  10h36min de 11 de fevereiro de 2006
sem resumo de edição
*"É sem qualquer terror que eu vejo a desunião das moléculas da minha existência."
:[[Marquês de Sade]]
 
*"É uma infâmia nascer para morrer não se sabe quando nem onde".
:[[Clarice Lispector]]
 
*"Foi trabalhoso abrir a cova. A terra estava dura, calcada, havia raízes a um palmo do chão. Cavaram à vez o motorista, os dois policiais e o primeiro cego. Perante a morte, o que se espera da natureza é que percam os rancores a força e o veneno, é certo que se diz que o ódio velho não cansa, e disso não faltam provas na literatura e na vida, mas isto aqui, a bem dizer, não era ódio, e de velho nada, pois que valhe um roubo de um automóvel ao lado do morto que o tinha roubado, e menos ainda no mísero estado em que se encontra, que não são precisos olhos para cavar mais fundo que três palmos."
:[[José Saramago]]
 
*"Ninguém pode fugir ao amor e à morte".
*"Se pudesse viver novamente, na próxima vida tentaria cometer mais erros".
:[[Jorge Luis Borges]]
 
*"Quem disser que pode amar alguém pela vida inteira é porque mente".
:[[Florbela Espanca]]
 
*"O sentido da vida consiste no seguinte: em que não há sentido algum em dizer que a vida não tem sentido".
*"Morrer é apenas não ser visto. Morrer é a curva da estrada".
:[[Fernando Pessoa]]
 
*"É uma infâmia nascer para morrer não se sabe quando nem onde".
:[[Clarice Lispector]]
 
*"Foi trabalhoso abrir a cova. A terra estava dura, calcada, havia raízes a um palmo do chão. Cavaram à vez o motorista, os dois policiais e o primeiro cego. Perante a morte, o que se espera da natureza é que percam os rancores a força e o veneno, é certo que se diz que o ódio velho não cansa, e disso não faltam provas na literatura e na vida, mas isto aqui, a bem dizer, não era ódio, e de velho nada, pois que valhe um roubo de um automóvel ao lado do morto que o tinha roubado, e menos ainda no mísero estado em que se encontra, que não são precisos olhos para cavar mais fundo que três palmos."
:[[José Saramago]]
 
*"‘A vida vale a pena?’ Isso não é pergunta que se faça a um homem, mas a um embrião".
Utilizador anónimo