Diferenças entre edições de "Stanley G. Payne"

 
* O novo Fascismo de massas não foi criado por [[Mussolini]], mas surgiu em torno dele nas zonas rurais do norte''.
:* ''The new mass Fascism had not been created by Mussolini so much as it had sprung up round him in the rural areas of the north''. — p. 42
 
* Mussolini mesmo se dizia um socialista "autoritário" e "aristocrático"; era elitista e antiparlamentar, e acreditava na violência regenerativa. Como os sindicalistas revolucionários (e, de uma maneira diferente, Lenin), Mussolini acreditava que somente uma vanguarda revolucionária especial poderia criar uma nova sociedade revolucionária.
:* ''Mussolini spoke of himself as an 'authoritarian' and 'aristocratic' Socialist; he was elitist and antiparliamentarian, and he believed in regenerative violence. Like the revolutionary syndicalists (and, in a different manner, Lenin), Mussolini believed that only a special revolutionary vanguard could create a new revolutionary society''. — p. 83
 
* Havia a extrema-esquerda populista, cujo principal porta-voz era o jornalista [[w:Curzio_Malaparte|Curzio Malaparte]], que queria ver o Fascismo fazer uma ‘revolução do povo’ que refletisse o que a esquerda populista considerava a verdadeira cultura popular italiana, tanto intelectual quanto socialmente. Existia também uma extrema-esquerda minoritária e dissidente ou ‘Fascismo livre’ que promovia uma revolução esquerdista e progressista de ‘liberdade’ sob a bandeira fascista.
696

edições