Diferenças entre edições de "Zeev Sternhell"

sem resumo de edição
:* ''Marxists could be converted to national socialism, as indeed quite a number of them were, similarly, national socialism could sign treaties with Communist, exchange ambassadors, and coexist with the, if only temporarily. Nothing like this, however, applied to the Jews''. — p. 5
 
* Se a ideologia fascistado Fascismo não pode ser descrita como uma simplória reação ao marxismo, suassua origens, por outro ladocontudo, sãoforam o resultado direto de uma revisão bastante específica do marxismo. Foi umaUma revisão do marxismo e não uma variedade de marxismo ou uma consequência do marxismo (...) Foram os sorelianos italianos e franceses, os teóricos do sindicalismo revolucionário, que fizeram essa revisão nova e original do marxismo, e essaisto foi, precisamente, a contribuição que deram aopara o nascimento da ideologia fascistado Fascismo.
:* ''If the Fascist ideology cannot be described as a simple response to Marxism, its origins, on the other hand, were the direct result of very specific revision of Marxism. It was a revision of Marxism and not a variety of Marxism or a consequence of Marxism... It was the French and Italian Sorelians, the theoreticians of revolutionary syndicalism who made this new and original revision of Marxism, and precisely this was their contribution to the birth of the Fascist ideology''. — p. 5
 
* Na forma como emergiu na virada do século e se desenvolveu nas décadas de 1920 e 1930, a ideologia fascista representava uma síntese do nacionalismo orgânico com a revisão antimaterialista do marxismo. Representava uma aspiração revolucionária baseada na rejeição do individualismo, seja liberal ou marxista, e criava os elementos de uma cultura política nova e original.
* Assim, era bastante natural que surgisse uma síntese entre esse novo socialismo [fascismo], que descobriu a nação como um agente revolucionário, e o movimento nacionalista, que também se rebelou contra o velho mundo dos conservadores, contra os aristocratas e a burguesia, e contra as injustiças sociais e que acreditava que a nação nunca estaria completa enquanto não acolhesse o proletariado. Assim, um socialismo, que era para toda a coletividade, e um nacionalismo, que, apartado do conservadorismo, se autoproclamava, por definição, o mensageiro da unidade e da unanimidade, reuniram-se para formar uma arma de guerra sem precedentes contra a ordem burguesa e a democracia liberal.
:* ''Thus, it was quite natural that a synthesis would arise between this new socialism [fascism], which discovered the nation as a revolutionary agent, and the nationalist movement, which also rebelled against the old world of conservatives, against the aristocrats and the bourgeois, and against social injustices and which believed that the nation would never be complete until it had integrated the proletariat. A socialism for the whole collectivity and a nationalism that, severed from conservatism, proclaimed itself as being by definition the messenger of unity and unanimity thus came together to form an unprecedented weapon of war against the bourgeois order and liberal democracy''. — p. 27-28
 
* [[w:Georges_Sorel|Sorel]] declarou que a teoria de Marx era `a maior inovação na filosofia em séculos; era o ponto de partida de uma transformação frutífera na nossa forma de especulação. Todas as nossas ideias deveriam se concentrar em torno dos novos princípios do socialismo científico`.
:* ''Sorel declared that Marx’s theory was ‘the greatest innovation in philosophy for centuries; it was the starting point of a fruitful transformation in our form of speculation. All our ideas must concentrate round the new principles of scientific socialism''.’ — p. 39
 
* Como todos os revolucionários que se respeitam, [[Mussolini]] se considerava um marxista. Ele considerava [[Marx]] como o "maior teórico do socialismo" e o marxismo como a "doutrina científica da revolução de classe".
710

edições