Diferenças entre edições de "A Carta da Vitória do Espírito Santo"

sem resumo de edição
( nova página: * "As paixões humanas, sejam quais forem, sempre remetem ao fanatismo, ao sofrimento e à dor. Ademais, afastam-nos de Deus, e sempre corrompem, e causam dor e sofrimento". Página 64, '''Antonio Antolini''' * “Aqueles que são filhos de Deus Pai se reconhecem e se AMAM com AMOR divino, por isso são concebidos e já nascem conhecendo o bem e o mal e sabendo a diferença do que é certo e errado“. Página 34, '''Antonio Antolini''' * “O grande segre...)
 
* "As paixões humanas, sejam quais forem, sempre remetem ao fanatismo, ao sofrimento e à dor. Ademais, afastam-nos de Deus, e sempre corrompem, e causam dor e sofrimento".
Página 64, '''Antonio Antolini'''
 
 
* “Aqueles que são filhos de Deus Pai se reconhecem e se AMAM com AMOR divino, por isso são concebidos e já nascem conhecendo o bem e o mal e sabendo a diferença do que é certo e errado“.
Página 34, '''Antonio Antolini'''
 
 
* “O grande segredo já revelado é o AMOR e, depois, o PERDÃO, e a seguir a COMPAIXÃO. O AMOR é o próprio Deus Criador, que se manifesta no interior de cada uma de Suas criaturas, e não em templos, tampouco em doutrinas religiosas repletas de normas legalistas“.
Página 59, '''Antonio Antolini'''
 
* “Pensando sobre o mal, talvez Deus Pai assim o tenha feito para que na desgraça possamos nos unir, possamos ser verdadeiros irmãos, como costuma acontecer. Enfim, ninguém sabe o verdadeiro motivo pelo qual Deus Pai criou o mal“.
Página 63, '''Antonio Antolini'''
 
 
* “Sempre soubemos da existência dos mistérios não revelados; nunca entenderemos o Divino, senão por meio do AMOR“.
Página 64, '''Antonio Antolini'''
 
 
* “As paixões humanas, sejam quais forem, sempre remetem ao fanatismo, ao sofrimento e à dor. Ademais, afastam-nos de Deus, e sempre corrompem, e causam dor e sofrimento“.
Página 64, '''Antonio Antolini'''
 
 
* “Pois o homem existe, e eu o enxergo. O homem é todo aquele que tem Deus como seu Criador, e todo aquele que traz em seu peito o AMOR divino, independentemente de sua terra natal e de qual dos profetas de Deus segue“.
Página 68, '''Antonio Antolini'''
 
 
* “A evolução não exclui a criação divina. Simplicidade, com AMOR, é a chave que abre as portas“.
Página 80, '''Antonio Antolini'''
 
 
* “A verdade é que os grandes cientistas contemporâneos, em sua esmagadora maioria, sabem que já fartura de vida no universo infinito, e não apenas no nosso planeta; e sabem que está é uma premissa incontestável“.
Página 94, '''Antonio Antolini'''
 
 
* “Com os avanços, muitas tecnologias ficarão obsoletas, e creio que nem mesmo o dinheiro físico existirá num futuro próximo. O progresso é inevitável, podendo ser bom, ou não“.