Diferenças entre edições de "Jornalista"

sem resumo de edição
* "Qualquer '''jornalista''' que não seja demasiado obtuso ou cheio de si para perceber o que está acontecendo sabe que o que ele faz é moralmente indefensável. Ele é uma espécie de confidente que se nutre da vaidade, da ignorância ou da solidão das pessoas. Tal como uma viúva confiante, que acorda um belo dia e descobre que aquele rapaz encantador e todas as suas economias sumiram , o indivíduo que consente em ser tema de um escrito não-ficcional aprende -quando o artigo ou livro aparece- a ''sua'' própria dura lição. Os jornalista justificam a própria traição de várias maneiras, de acordo com o temperamento de cada um. Os mais pomposos falam de liberdade de expressão e do "direito do público a saber"; os menos talentosos falam sobre a Arte; os mais decentes murmuram algo sobre ganhar a vida."
:- ''O jornalista e o assassino, de Janet Malcolm
 
* "Sou jornalista, especialista em idéias gerais. Sei alguns minutos de muitos assuntos. E não sei nada"
::- ''[[Otto Lara Resende]]
:::- ''Fonte: [http://www.usp.br/jorusp/arquivo/2003/jusp632/pag1011.htm As grandes artes de Otto Lara Resende]. Jornal da Usp
 
==Veja também==
* [[Jornalismo]]
527

edições