Diferenças entre edições de "Daisaku Ikeda"

sem resumo de edição
 
*"A veracidade do Budismo Nichiren está de acordo com as “três provas”: documental, teórica e real. Entretanto, as pessoas tendem a criar dúvidas no coração quando enfrentam dificuldades no trabalho e logo pensam que o Gohonzon não tem força. Ou quando o filho se machuca, pensam que o Gohonzon deveria protegê-lo. Por outro lado, quando a Gakkai é criticada pela imprensa, passam a desconfiar das orientações que são dadas, perdem a convicção no Gohonzon e deixam de fazer o gongyo e o daimoku. Essas pes­soas geralmente culpam o Gohonzon, estão sempre com dúvidas em relação à prática e à organização e, por isso, acabam apagando a boa sorte e deixam de produzir benefícios. Um bebê cresce porque toma o leite materno sem o mínimo de dúvida. Se deixar de beber por duvidar do leite, deixará de crescer e adoecerá. Da mesma forma, as pessoas que acreditam no Gohonzon e recitam daimoku com toda a sinceridade podem evidenciar o potencial de buda e comprovar a felicidade absoluta em sua vida. Portanto, espero que os senhores mantenham a fé no Gohonzon sem jamais duvidar. Diante da mais dura realidade da vida, recitem daimoku com toda a convicção e avancem com a Gakkai por toda a vida. E, dessa forma, vamos coroar nossa existência com a mais significativa felicidade."<ref>Brasil Seikyo, Edição 2546, 16/01/2021, pág. 14-15 / Caderno Especial</ref>
 
*"Os líderes dos anos pioneiros de nosso movimento estavam prontos para ir a qualquer lugar pelo kosen-rufu. Eles respondiam com a rapidez de um raio. Nunca hesitavam nem ficavam calculando. Não tinham nem um traço de interesse. Ardia em seu coração o puro espírito de dedicar-se ao mestre. Sua determinação era tão nobre e vasta quanto o próprio universo. Eles não se confinavam ao pequeno Japão, mas tinham a ousadia de cruzar os mares, indo até o outro lado do mundo."<ref>Brasil Seikyo, ed. 1.850, 8 jul. 2006, p. A3.</ref>
 
*"Não podemos pedir para os outros que o transformem [nosso carma] para nós. Somente por meio da fé́ sincera e fervorosa poderemos extinguir as nuvens da ignorância fundamental e fazer o sol do estado de buda se elevar radiantemente em nosso coração."<Ref>(NRH. Vol.18 “Avanço”, p. 172)</ref>
458

edições