Diferenças entre edições de "Ciro Gomes"

42 bytes adicionados ,  20h06min de 20 de março de 2020
sem resumo de edição
*“Como é que eu posso ser a favor de um negócio, que é uma multinacional estrangeira, que explora o trabalhador dos países em que está, sem carteira assinada, sem hierarquia, sem direito previdenciário, porque o miserável está precisando trabalhar, e que me vulnera, a enfrentar numa concorrência desigual, o taxista?”
:- ''Falando sobre o [[w:Uber|Uber]] em entrevista à Rádio Padre Cícero FM''
:- Fonte: ''Vídeo no [[w:YouTube|YouTube]]: youtube.com/watch?v=x4HvfbfAbEU'' — 2 de março de 2018
 
* “Não é brincadeira um homem que foi meu colega, não tenho nada pessoal com ele, [[Jair Bolsonaro|Bolsonaro]], está empolgando tanta gente — não é? por que? — porque ele representa essa repulsa que o povo brasileiro está sentindo contra todos os que representamos alguma coisa organizada daquilo o que a sociologia chama de elite, elite no melhor sentido da palavra. Então, quando Bolsonaro vai para a [[Globo]], o jornalismo da Globo acha que tem o direito de tutelar a sociedade brasileira e aí foi para cima do Bolsonaro para mostrar essa tutela. Ele saiu de lá mais herói do que nunca. Olha, ele brincou com a sexualidade do Merval Pereira; ele fez o Ali Kamel perder a calma e obrigar a Miriam Leitão a ler um editorial com ponto no ouvido; ele chamou o Camarotti de imoral porque o Camarotti evade-se fiscalmente de pagar imposto de renda (...)”
:- ''Em sabatina no BTG Pactual por conta da sua corrida à Presidência da República''
:- ''Vídeo no [[w:YouTube|YouTube]]: youtube.com/watch?v=XW0AuCNGxEw'' — 20 de agosto de 2018
 
*“A Kátia Abreu vem pra cá não é porque é igual a mim, é porque é diferente. A Kátia Abreu vem porque é mulher, séria, trabalhadora, vem de uma vida linda.”
*“Taxistas de [[Minas Gerais]], de Belo Horizonte, de todo o [[Brasil]]: a partir de Fortaleza, onde eu fui prefeito, e tenho um carinho, uma [[gratidão]], um [[respeito]] muito grande pelos taxistas: eu falo a todos vocês: eu quero ser [[presidente]] do Brasil para devolver a justiça a todos os cantos, a todas as desigualdades e a todas as irresponsabilidades. O mundo inteiro está sendo estressado por esses aplicativos, [e] é natural que a gente tenha sensibilidade, porque o desemprego está muito grande, a dificuldade para ter emprego formal: muito grande — mas não é justo que se resolva o problema de multinacional explorando, sem dar nenhum direito, pessoas que estão necessitadas, [e] destruindo a economia das famílias dos taxistas.”
:- ''Em vídeo endereçado aos taxistas de Minas Gerais''
:- ''Vídeo no [[w:YouTube|YouTube]]: youtube.com/watch?v=Bk_geR5thZU'' — 9 de setembro de 2018
 
*“Meus amigos taxistas, vocês estão sofrendo com essa concorrência desleal, de uma multinacional que já está sendo posta na ilegalidade, por exemplo, na [[Inglaterra]], e vocês podem contar com a minha [[solidariedade]] e a minha sensibilidade pra que a gente tente achar justiça também pra vocês.”